Para um negócio caminhar bem, a escolha de um parceiro de mercado — o fornecedor de embalagens, por exemplo — é um fator importante no planejamento. Matéria-prima de qualidade, preço e procedência são alguns aspectos que devem ser bem observados.

Se você planejou tudo para o seu negócio dar certo, por que não pensar nas embalagens da mesma forma? Elas são responsáveis pela apresentação do produto e pela primeira impressão que o cliente tem ao passar os olhos por uma prateleira cheia. Além disso, as embalagens também estão relacionadas ao transporte apropriado e à conservação dos produtos.

Neste artigo, você terá excelentes dicas para acertar na hora de escolher um bom fornecedor de embalagens.

Avalie a credibilidade do fornecedor de embalagens

Para evitar escolhas ruins para seu negócio, é importante comprovar a competência de quem está em vista de se tornar seu fornecedor. Uma maneira de averiguar a qualidade de seus itens é pedindo um portfólio. Dessa forma, você terá acesso prévio aos seus trabalhos.

Você também pode pedir o contato das empresas que já contrataram os serviços do fornecedor para se informar sobre o serviço em outros aspectos, como as entregas, negociação, etc.

Se o contato em questão já tiver rompido a parceria com o fornecedor, procure saber a razão da ruptura. Tudo servirá para sua avaliação da confiabilidade e idoneidade, afim de evitar prejuízos e problemas futuros.

Constate o seu tempo de mercado

Este pode não ser um fator decisivo. Afinal, o tempo em que atua no mercado não comprova a sua qualificação. E algumas empresas demonstram excelência desde seu surgimento.

Mas o tempo de operação no mercado ajuda a encontrar aquelas empresas cuja experiência ensinou fatores importantes, como a relação com os clientes. Se a empresa for antiga, seu histórico trará para ela uma reputação, e assim é possível ouvir boas recomendações de quem já conhece o seu trabalho. Não abra mão das referências.

Em sua pesquisa, além de conversar com clientes que usufruem de seus serviços, pesquise se existe algum processo jurídico aberto contra a organização. Um simples telefonema ou busca online podem livrar você de muitos contratempos por desconhecimento ou falta de precaução.

Faça uma boa análise dos preços e da qualidade

Sim, seu fornecedor precisa oferecer um serviço viável para a sua empresa. Os valores não devem comprometer o preço do seu produto final, mas devem estar acomodados ao seu orçamento, cobrindo o custo de produção e inseridos na sua margem de lucro.

Desse ponto de vista, encaramos os serviços e artigos baratos como uma tentação na escolha. Mas o preço não é tudo.

A qualidade deve ser observada com o preço, devem caminhar em concordância. Não vale a pena pagar mais barato se a qualidade da embalagem não atende ao que você necessita ou quer. Se o cliente tiver problemas com ela, você será responsabilizado tanto quanto quem a fabricou.

Lembre-se da ideia de fidelização do cliente: se ele não tiver uma boa experiência, dificilmente repetirá a compra com você.

Não se esqueça de também observar o valor do frete. Ele influenciará no seu preço final. Mas é possível combinar valores durante a negociação. Consulte a possibilidade de ratear o valor e se este será sempre fixo ou variável de acordo com a quantidade. Avalie também a localização do fornecedor, a distância física pode acarretar valores maiores de frete.

Veja se o fornecedor está aberto a negociar prazos

Os prazos devem ser negociados sempre, tanto os de entrega das embalagens quanto os de pagamento do serviço. Considere as condições que lhe são oferecidas.

Em relação aos pagamentos, por exemplo, observe se é possível parcelar e se essas parcelas sofrem acréscimos de juros. Flexibilidade é importante!

Além disso, não deixe de examinar se o fornecedor de embalagens cumpre com os prazos que estabelece nas entregas. É importante que tenha responsabilidade diante dos acordos, de modo que a entrega pontual e com qualidade seja o seu diferencial. Atrasos podem prejudicar a sua logística.

Analise a capacidade do fornecedor

Se sua demanda aumentar, o fornecedor conseguirá arcar com uma remessa maior, mantendo a qualidade e ampla agilidade do serviço de entrega? É bom saber disso antes de contratá-lo, sem correr tantos riscos após o contrato ser fechado e o crescimento da empresa despontar.

Todo bom gestor, afinal de contas, deve pensar estrategicamente em como será o aumento de sua atuação no mercado.

Avalie a capacidade de produção e abastecimento dos fornecedores que estão na sua pesquisa de comparação. Verifique se possuem clientes grandes e se fazem entregas em larga escala. O porte do negócio e a manutenção da sua qualidade em qualquer situação comprovarão a sua competência.

Cultive uma boa comunicação

Um indicativo de qualidade do seu fornecedor de embalagens pode ser a maneira como esta empresa se comunica e se relaciona com os clientes. Esteja atento a alguns aspectos, como a demora para o envio de um orçamento, ou se as dúvidas de seus compradores costumam ser esclarecidas rápida e claramente.

É extremamente adequado que a empresa dedique atenção ao cliente; isso se relaciona à sua vontade de vender, mas também de prospectar mais.

Evite os ruídos de comunicação, pois isso pode gerar atrasos e refações. Por outro lado, a boa comunicação é de grande importância na hora de negociar.

Entenda a importância de ter uma segunda opção

É claro: se a sua escolha por um fornecedor foi feita, é porque existe a confiança nele. Porém, imprevistos podem acontecer em qualquer ramo, e até mesmo a empresa mais responsável e confiável está sujeita a eles.

Se algum problema sobrevier, os seus negócios não podem ser paralisados. Tenha uma lista de fornecedores “suplentes”, com mais de uma empresa responsável por cada segmento.

Da mesma forma, essas empresas de reserva devem ser analisadas e escolhidas previamente, com os mesmos critérios, atestando a qualidade dos seus serviços. Isso evitará que sua empresa fique à mercê das consequências negativas de uma situação acidental grave ou de contratempos.

Se o fornecedor com quem tem parceria atualmente por alguma razão não puder atendê-lo, você terá uma segunda opção também satisfatória, independentemente da assiduidade com que recorre a ela.

Tenha princípios alinhados

Lembre-se de que os seus ideais e os valores da sua empresa devem sempre ser considerados: eles são o diferencial de sua marca. Por isso, escolha trabalhar com as empresas que tenham princípios alinhados aos seus, evitando a contradição entre aquilo que é anunciado e o que é recebido. Isso enriquecerá também os seus produtos e serviços.

Prefira continuamente uma relação de parceria com seu fornecedor de embalagens. Ele deve estar disposto a oferecer um serviço que contribua com o desenvolvimento do seu negócio. Seguindo essas dicas, a sua empresa pode encontrar os fornecedores ideais, evitando cair em golpes e mantendo a imagem de qualidade perante os clientes.

Este artigo foi útil para você? Então, deixe aqui o seu comentário com elogios ou dúvidas sobre o tema!