Você já se perguntou como será a sua vida daqui a 10 ou 15 anos? Quais objetivos deseja alcançar e de que forma poderia colocar em prática metas pessoais e profissionais?

Muita gente passa o tempo todo correndo atrás do sucesso, fazendo planos de carreira, casamento, filhos, estabilidade financeira, entre outras coisas. Mas, será que as pessoas realmente conseguem estabelecer suas metas de uma maneira objetiva e organizada?

Na maioria das vezes isso não acontece. O que grande parte das pessoas consegue fazer é, simplesmente, presumir um futuro possível com base naquilo que desejam agora.

Pensando nesse dilema, separamos alguns passos rumo à concretização de metas para a vida pessoal e profissional que podem ajudá-lo a definir seus caminhos para, finalmente, realizar os seus objetivos. Confira!

Qual é a importância de definir os seus princípios?

Os princípios são a base das suas escolhas. A maioria das pessoas erra na definição das metas porque age por impulso. Como assim? Selecionando o que será feito antes mesmo de se perguntar o porquê disso.

Ao definir o que você quer fazer, reflita sobre o motivo da escolha, o que está por trás dela. Por exemplo: o que você mais valoriza na vida? Tranquilidade ou agitação?

Respondendo a essa pergunta será possível traçar todo o seu caminho pautado nesse princípio. Tenha isso bem resolvido na cabeça, pois é a partir desse ponto que você decidirá pelo futuro emprego, a cidade onde vai morar, como investir dinheiro e até o tipo de pessoa para compartilhar os seus planos.

Inconscientemente todos nós sabemos quais são os nossos princípios, mas poucos param para numerá-los no papel por ordem de importância de maneira racional. Essa é uma forma simples e direta de organizar metas, e só assim é viável se manter firme no caminho idealizado, sem correr o risco de desviar-se dele.

Por que é necessário projetar a sua visão de futuro?

Sabemos que imaginar como será o futuro quando as metas puderem ser cumpridas é algo que fazemos espontaneamente. Outra coisa é construir esse “porvir” mentalmente de maneira clara e consciente.

Da mesma forma que grandes inventores encontram soluções inéditas para os problemas, pessoas realizadoras desenham o seu destino na cabeça, detalhadamente, para depois colocar em prática.

Mas, nessa etapa, não é necessário se preocupar em como atingir os seus objetivos. Esse passo será dado mais adiante, no momento de definir as metas em si, uma a uma.

Qual a importância do foco e da clareza?

Ainda na fase da idealização, é muito importante manter o foco e a clareza dos propósitos, registrando-os para não esquecer algum detalhe, alguma etapa. Alcançar o sucesso não é a mesma coisa que ter sorte.

Para atingir os objetivos traçados, seja na vida profissional ou pessoal, é necessária muita dedicação, além da adoção de atitudes e hábitos que facilitem as suas conquistas.

De que forma reconhecer os próprios limites?

Para chegar naquilo que se deseja, além de foco, clareza, dedicação e os demais atributos já discutidos, você precisa ficar atento aos limites do que pode alcançar. A confiança em si mesmo é um aspecto fundamental nessa jornada, mas os propósitos devem ser tangíveis, do contrário, você pode se frustrar no final, ou pior, sentir-se desmotivado a continuar ou começar tudo outra vez.

É mais sensato determinar metas simples no início e, gradualmente, permitir-se novos desafios, depois de dominar os anteriores. Lembre-se que os seus planos precisam se enquadrar no seu estilo de vida para não sacrificar a convivência com a família, a saúde, o lazer e tudo o mais que realmente importa.

Em cada etapa existem muitas coisas novas para assimilar e que servem de base para o próximo passo, portanto, nunca tente pular fases. Um passo de cada vez certamente o levará ao final da sua caminhada.

Como reunir as metas pessoais e profissionais?

Para funcionarem bem, os propósitos pessoais e profissionais devem estar entrelaçados, pois um influencia diretamente no sucesso ou fracasso do outro. Por exemplo: quando é necessário tomar uma decisão muito séria em relação aos rumos da carreira, o suporte de uma família bem estruturada pode ser determinante.

Quais são as principais metas pessoais perseguidas pela maioria das pessoas? Comprar a casa própria, trocar o carro, viajar pelo menos uma vez por ano, casar, constituir família. Mas, para conseguir tudo isso, as metas profissionais também precisam ser alcançadas.

É necessário ter um emprego estável, bem remunerado, acesso a promoções na organização em que se trabalha e, até mesmo, o próprio negócio. Quando alguém chega nesse patamar equilibrado entre vida pessoal e profissional, existe motivação suficiente para ir ainda mais longe.

É por isso que o foco e a confiança em si mesmo são ingredientes poderosos, sólidos e fundamentais para a obtenção do tão almejado sucesso pessoal e profissional.

Como alcançar as metas traçadas?

E agora, como fazer concretamente para alcançar as tão sonhadas metas? É comum as pessoas acharem que têm objetivos claros só porque alimentam um desejo intenso de conseguir alguma coisa, como comprar um carro, perder peso, ter o emprego dos sonhos e outras coisas que, na maior parte do tempo, ficam no mundo dos devaneios.

Para que a sua meta comece a tomar forma é necessário decidir qual carro você vai comprar e quanto precisa trabalhar para isso; quantos quilos precisa perder e em quanto tempo; onde e como pode conseguir o emprego ideal e por aí vai.

Apenas desejar nada tem a ver com fixar metas, uma vez que o desejo puro e simples não passa de sonho ou intenção que ficou estagnada na fase da visão de futuro. Para conquistar algo é preciso muito mais que isso.

Portanto, o próximo passo rumo à materialização dos sonhos é registrá-lo por escrito e dar uma conferida todos os dias. Esse hábito fixa os objetivos na sua mente, levando-o a tomar atitudes para realizar as metas. Quando você menos espera, algo acontece e o sonho se torna realidade.

Os esforços necessários para alcançar metas pessoais e profissionais não são poucos e nem tão fáceis. Mas, é preciso sacrifício, paciência e energia para alcançá-los. É claro que manter pensamentos e atitudes positivas funcionam e muito, mas a ação é uma condição essencial em todo esse processo. Então, arregace as mangas e não desista nunca!

E você, o que você tem feito de concreto para realizar as suas próprias metas pessoais e profissionais? Aproveite e compartilhe estas ideias com os seus contatos nas redes sociais!