Muitas pessoas abandonam o sonho de ter o negócio próprio por não saberem como administrar uma empresa. Termos como “fornecedores”, “fluxo de caixa” e “lucro líquido” já são capazes de desanimar até o mais corajoso dos profissionais.

Nem tudo é tão assustador quanto parece. No entanto, a maior parte dos problemas de uma empresa vem da falta de planejamento. Mesmo com uma ideia inovadora e dinheiro disponível, você ainda precisará de alguns recursos e planos para fazer o seu negócio dar certo. Quer saber quais são eles? Continue lendo o nosso post de hoje!

Crie um planejamento estratégico

Criar um plano de negócios é um passo essencial para administrar bem uma empresa. Muitas pessoas tiram a sua ideia do papel, mas não se preparam adequadamente para as demandas que virão depois.

Sabemos que somente a prática pode levar algo à perfeição, mas para garantir a continuidade do seu negócio é preciso estabelecer estratégias e, principalmente, planos de ação em setores como mercado, produção, distribuição, pagamento, atendimento ao cliente e vendas. Definir métricas, indicar os responsáveis por cada atividade, delimitar prazos e recursos necessários são práticas essenciais para garantir o bom funcionamento da sua empresa.

Organize as finanças

Um erro de muitos administradores está na falta de controle das finanças do seu negócio. Não adianta destinar metade do capital a um salário próprio e não investir na contratação de novos colaboradores, por exemplo. Ou pior, misturar finanças pessoais com as da empresa.

Controle diariamente o fluxo de caixa e defina um plano orçamentário para um período maior, de seis meses a um ano. O ideal é que a sua empresa também mantenha um capital de giro, mas apenas para despesas extras comuns a todos os negócios que estão começando.

Conte com o auxílio de profissionais capacitados

Mesmo que você seja um excelente profissional e empreendedor, dificilmente conseguirá dar conta de todas as demandas da sua empresa sem a ajuda de outras pessoas.

Um profissional especializado em áreas específicas como contabilidade ou marketing pode enxergar vários problemas e oportunidades, conhecer e negociar os custos de cada material ou fornecedor e organizar o que está desorganizado. Ou seja, um colaborador pode ser a solução para os problemas que impedem o crescimento do seu negócio.

Delegue tarefas e funções

Delegar tarefas parece muito difícil para empreendedores de primeira viagem. Em um negócio iniciante, que conta com poucos colaboradores, isso se torna ainda mais complicado e, muitas vezes, é inevitável que uma só pessoa assuma mais de uma função.

Mesmo nesses casos, tente sempre definir claramente o que cada colaborador da sua equipe fará. Assim ele poderá focar todos os seus esforços nessa missão. Com o tempo, você pode observar as áreas em que cada um se destaca e promover algumas mudanças. Procure agir sempre de comum acordo com os seus funcionários, para evitar atritos.

Monitore o desempenho

Uma boa gestão passa também pela análise do desempenho do negócio. É importante que esses indicadores não contemplem apenas as áreas de vendas, mas todos os setores da empresa, como recursos humanos, finanças, cadeia produtiva e carta de clientes.

Sempre que possível, invista em capacitação e planos de treinamento para o seu pessoal. Isso ajudará a desenvolver as habilidades que o seu negócio precisa — sem ter que investir em novas contratações —, e aumentará consideravelmente o seu desempenho.

Ouça a clientela

Fique sempre atento também à opinião dos clientes. Mantenha um cadastro atualizado, agrupe-os em perfis similares e crie canais de comunicação, como e-mail, telefones, redes sociais ou FAQs, para ouvir suas dúvidas e sugestões.

Jamais leve as críticas como uma ofensa pessoal e sim como uma possibilidade de melhorar a qualidade da sua empresa. Responda a todos com agilidade e boa educação. Isso só trará benefícios para a sua imagem.

Invista em estratégias de marketing

Marketing não é uma estratégia apenas para as grandes empresas. Com o poder da internet e das redes sociais, já é possível contar com uma infinidade de recursos para promover a sua marca e atingir milhares de pessoas com um orçamento pequeno.

Separe uma porcentagem do lucro do seu negócio para criar campanhas online, anúncios no Google Adwords, um site ou páginas em redes sociais — principalmente no Facebook, no Twitter e no Instagram. Fazer parcerias com influenciadores digitais ou blogueiros que se destacam na área do seu negócio também é uma boa ideia.

O mais importante, no entanto, é não negligenciar a comunicação online da sua marca. Uma postagem mal interpretada pode se tornar um “viral” negativo para a sua empresa e comprometer gravemente a sua imagem. Invista em um profissional capacitado para cuidar do marketing digital do seu negócio.

Crie uma política de responsabilidade socioambiental

O consumo consciente tem sido uma das principais pautas de discussão entre consumidores. Se antes o preço e a qualidade de um produto eram os fatores de decisão para uma compra, hoje as pessoas têm pesquisado cada vez mais sobre o papel das empresas no controle de recursos energéticos, no descarte de resíduos, na questão dos testes em animais ou das condições de trabalho de seus colaboradores.

Por isso, mais que nunca, as empresas precisam estar atentas à sustentabilidade e ao seu papel social. Crie uma política socioambiental para o seu negócio e envolva toda a sua equipe nessa missão. Além de contribuir para o planeta, você criará uma imagem positiva diante dos seus consumidores.

Capacite-se

Um atleta é capaz de vencer uma maratona sem preparação? Um médico pode realizar uma cirurgia sem uma formação específica? Não! O mesmo acontece com a gestão de uma empresa. Independentemente do tamanho do empreendimento, é preciso capacitar-se para realizar um bom trabalho. Muitos negócios fecham antes do segundo ano por falta de preparação da sua administração.

Sempre que tiver um tempo livre, participe de treinamentos, cursos e workshops nas áreas de empreendedorismo, marketing, vendas, liderança, motivação e tudo o que puder ser útil para a sua empresa. Leia livros e sites de profissionais da sua área, participe de eventos e, se achar necessário, invista em uma formação mais técnica, como um MBA ou uma pós-graduação.

Fique de olho nas tendências

Um erro muito grave de gestão é deixar o seu negócio parado no tempo. As tendências mudam muito rápido, principalmente em áreas como moda e tecnologia, por exemplo. O que é sucesso hoje dificilmente ainda será daqui a alguns meses — por isso, atualize-se!

Inovar em produtos, serviços e metodologias é essencial para impulsionar o crescimento do seu negócio. Utilize a internet como fonte de pesquisa diária, inspire-se nas empresas conceituadas da sua área, observe o que o seu concorrente anda fazendo e ouça as contribuições dos seus próprios colaboradores.

Todo negócio precisa de melhoria contínua. Isso te ajudará a sair da zona de conforto para inovar e colocar o seu empreendimento no caminho do sucesso!

Você tem outras dúvidas sobre como administrar uma empresa? Não deixe de compartilhar suas ideias e perguntas aqui nos comentários!