Os doces são sucessos de venda em todas as épocas do ano. Além de um agrado especial para o paladar, esses doces funcionam como presentes e acompanhamentos em datas especiais, aniversários, e até pedidos de desculpa.

Mas, embora o sabor seja muito importante, a aparência de todo o produto também conta bastante, já que a maioria das pessoas também come com os olhos. Sabendo disso, investir nas embalagens perfeitas é indispensável — e pode, inclusive, atrair mais clientes.

Não sabe como fazer? Então veja a seguir como escolher embalagens para bombons perfeitas!

1. Pense no tamanho do produto

O primeiro passo consiste em considerar qual é o tamanho do produto a ser vendido. Se os doces são menores e mais delicados, uma embalagem muito grande não apenas gera desperdício, mas acaba desvalorizando o produto.

Por isso, o ideal é que a embalagem comporte tanto em sua forma quanto em seu tamanho, de maneira geral — e sem que isso signifique desperdício.

Aquelas embalagens mais maleáveis, como as de plástico, vão muito bem com os doces redondos. Já se o doce tiver algum formato diferente, vale pensar em outras opções, como o papel metalizado colorido, por exemplo.

2. Considere a resistência

Muitas vezes, esses doces são transportados para se comer mais tarde, em casa, ou mesmo para dar de presente. Assim, se a embalagem se rompe facilmente ou não os protege bem, o resultado inevitável é a insatisfação do cliente.

Para não errar, prefira sempre embalagens mais resistentes. As de plástico precisam ser capazes de proteger o produto, e mesmo as de papel devem ser feitas com uma opção mais grossa. A intenção aqui é sempre evitar que, quando aberto, o doce esteja derretido, quebrado ou nada apetitoso.

Aliás, quanto mais delicado for o doce, mais resistente deve ser a embalagem. Caso seja feito com um chocolate muito delicado, por exemplo, armazená-lo em uma opção térmica pode ser a melhor saída.

3. Tenha cuidado com a decoração

Além dessas características, o invólucro também é responsável por chamar a atenção dos seus clientes. Portanto, ele precisa ser bonito e atraente. Uma opção que seja bem desenhada e pensada para a melhor acomodação possível do produto, certamente terá resultados melhores.

E como doces são a escolha de muita gente que deseja presentear de uma forma romântica, nada mais justo do que criar opções que se pareçam com presentes. Optar pelo uso de alguns elementos, tal qual o laço de fita, é uma opção certeira!

Desenhos na parte de fora e formas diferenciadas também criam a sensação de que aquele não é apenas um chocolate recheado, mas sim um verdadeiro presente. Ou ainda detalhes em relevo, combinações de texturas e de cores que tenham tudo a ver com a ideia.

4. Use a personalização para doces mais finos

Doces mais finos recebem ingredientes e tratamento especial, então, nada mais apropriado do que dispô-los de uma maneira especial, certo?

É o caso, por exemplo, de doces  que são tão bem trabalhados que não precisam ser envolvidos por qualquer papel colorido. O detalhe está justamente no topo do chocolate, que vem com desenhos e detalhes a serem admirados.

Para favorecer ao máximo essas características e encantar ainda mais os clientes, vale a pena pensar na personalização dos elementos que serão utilizados paras o seu transporte.

Nesse caso, é possível escolher caixas com formas especiais para receber os doces finos, ou que tenham o topo transparente, permitindo que os elementos sejam apreciados além do paladar.

E ainda dá para investir em caixas que tenham artes bem específicas. Um doce fino muito especial, por exemplo, pode merecer uma embalagem individual de papelão, que sugira o seu sabor só de ser vista.

5. Escolha entre os principais materiais

Levando tudo isso em consideração, é hora de pensar quais serão os materiais utilizados na confecção das embalagens. Além do tamanho, tudo vai depender do objetivo que você pretende atingir.

Latas de alumínio são opções muito resistentes, que servem para abrigar vários docinhos em um só lugar. Para que seja bastante atrativa, sua personalização é fundamental, como ao usar elementos ligados à comunicação visual marca, por exemplo.

Os potes de vidro são perfeitos para valorizar doces in natura ou que estão com alguma proteção plástica transparente. De quebra, ainda dá para decorá-los e deixá-los do jeito que você preferir.

Já as caixas de papelão são opções bem em conta e que podem aparecer nos mais diferentes tamanhos. Assim, são ideais tanto para quem compra meia dúzia dos doces quanto para quem compra mais de dez.

Ainda mais econômicas são as caixas de plástico com laços. Bastante duráveis, elas também valorizam o produto por serem transparentes, e o laço é o elemento que deixa tudo com cara de presente especial.

As forminhas de camafeu também não devem ser desconsideradas. Feitas de papel — e embora sejam voltadas para o doce de nozes — também podem funcionar para que as delícias de chocolate fiquem protegidas na caixa de papelão, por exemplo.

Isso, inclusive, traz a possibilidade de misturar elementos. Dessa forma, a caixa de papelão pode ter uma espécie de janela de plástico, como a de plástico pode ter um apoio mais firme de papel, e assim por diante.

6. Não se esqueça das sacolas

Uma vez que o cliente compre os bombons, o ideal é que os produtos sejam transportados do jeito certo, não é? Então, para garantir o máximo de conforto, vale a pena investir em sacolinhas de papel que acompanham a embalagem principal.

Para fortalecer a marca, elas devem vir na cor principal do negócio e, se for o caso, até mesmo em forma personalizada. Dentro delas, vão as caixas, latas ou vidros com bombons — o que torna o conjunto ainda mais incrível para dar de presente.

Enfim, com essas dicas, vai ficar muito mais fácil escolher embalagens para doces finos perfeitas. Elas não só vão chamar mais a atenção do cliente, como também valorizarão o produto e ainda funcionarão como um presente especial!

E aí, gostou do post? Quer mais dicas para acertar em cheio com seu negócio? Então assine agora a nossa newsletter e não perca nenhuma novidade!