Você já imaginou como fazer pós-venda pode ser determinante para fidelizar a sua clientela? Pois bem, a preocupação com a proximidade do consumidor não deve concentrar-se apenas até a finalização da compra.

Esse processo vai além e é preciso manter a interação entre cliente e empresa, seja para fazer um agradecimento pela preferência, seja para colocar-se à disposição para o esclarecimento de dúvidas. De qualquer maneira, manter o interesse do público pelos seus produtos ou serviços é necessário e não custa muito.

O primeiro passo para uma relação mais duradoura com o cliente já pode começar com a embalagem que você oferece para armazenar a compra, por exemplo. Se for personalizada, já serve como reforço da marca na mente das pessoas.

Além disso, existem outras táticas que você deve experimentar e implementar para ser bem-sucedido no seu pós-venda. A seguir, apresentaremos 8 dicas essenciais para melhorar o vínculo com o seu cliente. Acompanhe!

1. Agradeça pela compra

Quantas vezes você desistiu de uma compra por não se sentir bem-vindo em uma loja? Entre tantas opções que o comércio oferece para a escolha de um produto parecido, o cliente preferiu o seu estabelecimento e fechou a compra. Pode não parecer, mas, no mundo competitivo em que estamos, uma simples venda pode ser uma grande coisa.

Muitas vezes, isso acontece em razão do tratamento que você dispensou, e não apenas porque a pessoa encontrou na sua loja o que procurava. Então, seja cordial e agradeça sinceramente pela preferência e ele lembrará sempre daquele vendedor educado e gentil.

2. Reforce que essa é a melhor escolha

Logo após fechar uma compra, para afastar qualquer sensação de arrependimento do consumidor, é fundamental que você demonstre o excelente negócio realizado naquele momento.

Dessa forma, você reforça a impressão positiva da pessoa em relação à sua marca. Essa estratégia deve ser usada imediatamente após o agradecimento pela compra e feita com frases favoráveis, como:

  • “A sua escolha foi a melhor, pois você economizará tempo e dinheiro com essa aquisição”; 
  • “Fique tranquilo! Você fez um excelente negócio, porque esse produto vai facilitar muito a sua vida e a da sua família!”.

Outras frases de incentivo como essas, dependendo da situação e do produto ou serviço oferecidos, são igualmente recomendadas.

3. Mantenha-se disponível para o cliente

Após a venda de um produto ou a finalização de um serviço mais complexo, é comum o cliente ficar com dúvidas em relação ao seu funcionamento ou desenvolvimento.

Diante dessa possibilidade, é importante que ele possa contar com a sua disponibilidade, caso seja necessário. Esse tipo de atendimento aumenta a confiança do consumidor, e a sua credibilidade ganha pontos.

4. Envie novidades pelo WhatsApp

Atualmente, as pessoas usam muito o WhatsApp para se manterem conectadas o tempo todo e, na correria do dia a dia, automaticamente, acabam dando uma olhada no aplicativo entre uma tarefa e outra.

Esse novo hábito criou mais uma oportunidade para os lojistas enviarem promoções ou informações sobre as novidades do negócio em que atuam. É uma prática geralmente bem aceita, o que não pode acontecer, de forma alguma, é cair na tentação de enviar um conteúdo irrelevante para os clientes pelo aplicativo.

O ideal é construir uma relação próxima, depois se apresentar e perguntar ao cliente se ele gostaria de manter esse canal de comunicação para receber as suas propostas. E lembre-se de deixá-lo sempre à vontade para mudar de ideia, caso ele não queira mais receber as suas novidades por meio do celular.

5. Faça ligações

O bom e velho contato por telefone sempre tem algo a mais. Por qual razão? Hoje em dia, as pessoas vivem apressadas, e parar para dar um telefonema transformou-se em algo especial, dando a impressão de que é necessário muito tempo para fazer uma simples ligação.

É exatamente por isso que um simples telefonema pode representar um estreitamento maior e demonstrar interesse da empresa pelo cliente. No entanto, da mesma forma que o uso dos aplicativos, é necessário observar os momentos mais adequados para não ser inconveniente e provocar o efeito contrário.

Portanto, os contatos por telefone, mesmo guardando esse caráter de apreço, devem ser reservados para situações especiais, como: aniversário do cliente, para apresentar uma novidade e, até mesmo, para oferecer algum desconto.

Use essa ferramenta também para desculpar-se caso haja algum transtorno. É uma maneira de demonstrar preocupação sincera, já que ouvir o tom da voz faz toda diferença nessas horas.

6. Envie e-mails

Além de ser uma ferramenta de baixo investimento, o e-mail é uma opção prática e eficaz quando se trata de pós-venda. Além disso, é conveniente para o cliente, já que ele pode abrir as suas mensagens quando tiver tempo disponível.

Usando o e-mail, a sua empresa pode aproveitar e solicitar avaliações sobre o atendimento prestado e a sua experiência de compra. Você pode, ainda, conseguir os contatos das pessoas para fazer trocas ou esclarecer dúvidas.

7. Apresente novas opções de compra

Buscar contato frequente com o consumidor é uma atitude pós-venda necessária para manter a relação aquecida, por isso, é importante oferecer sempre opções de compra.

Atente para os interesses do seu público, principalmente quando estiver lançando algum produto da preferência dele, colocando-o em primeiro lugar na hora de enviar as novidades.

Sua empresa está promovendo algum desconto? É a oportunidade de enviar aquele e-mail, uma mensagem pelo WhatsApp, ou fazer um telefonema. Dependendo do produto ou serviço oferecidos, você pode manter um controle sobre o tempo médio de consumo e oferecer alguma promoção na época certa para que ele faça uma nova compra.

Além disso, cupons de descontos exclusivos são ótimos aliados para estimular compras e manter o interesse dos clientes em seus produtos e serviços, criando fidelidade.

8. Ofereça mais que produtos e serviços

Entenda que o seu cliente não pode fechar uma compra com a impressão de que a sua empresa só se preocupa com os lucros que tem sobre ele. O consumidor de hoje quer e exige mais que um produto — ele quer assistência de qualidade.

Portanto, ofereça também dicas sobre o que a sua marca comercializa, como usar, montar e fazer manutenção. Por exemplo: se você tem uma loja de decorações, forneça informações sobre o assunto, instruções de como combinar as peças que você vende etc.

É interessante manter canais de comunicação na Internet, como blogs e redes sociais, que levam as informações em primeira mão para toda a sua clientela e também aos potenciais consumidores.

Saber como fazer pós-venda é importante para manter o seu negócio aquecido, mas também pode ser uma maneira de construir bons relacionamentos, tanto comerciais quanto pessoais. O consumidor está cada dia mais exigente e valoriza muito um tratamento cordial e humano, antes, durante e depois de uma venda bem-sucedida. Invista no seu cliente e o sucesso virá!

E você, já usa alguma dessas técnicas para manter a clientela fiel à sua marca? Assine nossa newsletter e fique por dentro de mais conteúdos como este!