Independentemente de você estar pensando em abrir um novo negócio, melhorar ou até mesmo expandir sua empresa, realizar uma pesquisa de mercado é fundamental para ter sucesso em suas decisões.

Porém, problemas na criação do questionários, formulação de questões, aplicação e análise dos resultados prejudicam o aproveitamento dessa ferramenta em muitos negócios.

Pensando nisso, listamos as principais dicas para realizar uma pesquisa de mercado eficiente sobre bens de consumo e aproveitar todos os seus benefícios. Confira!

Comece definindo os objetivos da pesquisa de mercado

O ideal é que o estudo tenha metas bem definidas para não confundir o respondente ,bem como, coletar informações desnecessárias. Por isso, o primeiro passo para criar uma boa pesquisa de mercado é ter um bom planejamento e definir seus objetivos.

Listamos abaixo exemplos de direcionamentos que a pesquisa de mercado pode apresentar. A sugestão é escolher alguns deles para construir o seu estudo e compilar os dados desejados.

Comportamento do consumidor

Uma pesquisa focada no comportamento do consumidor procura entender como seu público-alvo se comporta no mercado. Alguns questionamentos comuns são:

  • perfil sociodemográfico;
  • hábitos de consumo;
  • canais de comunicação usados no dia a dia;
  • canais usados especificamente na jornada de compra;
  • tipos de produtos preferidos;
  • marcas já conhecidas na mesma categoria.

Essas informações ajudam na construção de melhores estratégias de vendas, marketing e posicionamento da empresa. Esse tipo de estudo pode ficar mais completo com outros tipos de pesquisa.

Teste de embalagens

Uma pesquisa focada no teste de embalagens procura entender como os aspectos externos de um produto são percebidos pelos consumidores. As características normalmente avaliadas são:​

  • perfil sociodemográfico;

  • hábitos de consumo;

  • canais de comunicação usados no dia a dia;

  • canais usados especificamente na jornada de compra;

  • tipos de produtos preferidos;

  • marcas já conhecidas na mesma categoria.

Esse tipo de estudo é ideal para o lançamento de novos produtos ou reposicionamento de itens já vendidos ao consumidor. As informações coletadas ajudam a fazer melhorias que aumentam as vendas, a satisfação e a fidelização do consumidor.

Análise de preços

Outro tipo de pesquisa muito utilizado é a análise de preço, normalmente aplicada em conjunto com testes de embalagem para avaliar o valor que cada opção oferece ao mercado. Seu objetivo é compreender o quanto cada perfil de cliente está disposto a pagar pelos produtos e quais fatores influenciam nessa decisão.

Essas informações ajudam na estratégia de precificação e também em ações de marketing e vendas, criando um posicionamento mais coeso com o que o público valoriza.

Avaliação de campanhas

Uma pesquisa de mercado também pode ser usada para avaliar campanhas de marketing e validar se uma peça publicitária passa a mensagem correta ao público-alvo.

Normalmente, quando a campanha tem vídeos, é comum usar a metodologia de grupo de foco. Nesse estudo, os participantes posicionados em roda assistem ao conteúdo e são questionados por um mediador sobre suas percepções, sentimentos e interpretações do que viram.

Crie seu questionário

Agora que seus objetivos e tipos de pesquisa estão bem definidos, é o momento de construir seu questionário. A estrutura das perguntas deve ser pensada de forma a facilitar todo o processo aos respondentes e não criar viés para respostas.

É interessante começar com perguntas que retiram da pesquisa as pessoas que não fazem parte do público do estudo. Por exemplo, se sua marca vende apenas para mulheres, as respostas de homens são necessárias?

No desenvolvimento do restante do questionário é preciso escolher entre o uso de perguntas fechadas ou abertas, isto é, aquelas que possuem uma seleção de respostas pré-definidas ou um campo para que o respondente escreva o que quiser. As mais usadas e fáceis de analisar são as fechadas, portanto, o ideal é dar preferência para elas.

Defina o tamanho da amostra

Antes de aplicar seu questionário é preciso definir o tamanho da amostra para ter sucesso na pesquisa. O número de respondentes depende do objetivo traçado.

Por exemplo, se a pesquisa for sobre o comportamento do consumidor, é preciso um número grande de respondentes, a fim de que as informações coletadas realmente representem a realidade do seu público.

É importante ter um cálculo médio do universo do seu objetivo, ou seja, quantas pessoas são potenciais clientes da marca? Para isso, é possível usar informações do Censo e delimitar uma região geográfica. Com esse número, determine um percentual mínimo ideal de respondentes.

Escolha o método de aplicação

O método mais comum para aplicar o questionário é usando a internet, por meio de plataformas de pesquisa que permitem coletar todos os dados e extrair os resultados no final. O canal online elimina problemas como erro de interpretação de escrita, muito comum em pesquisas feitas pessoalmente.

As pesquisas físicas são mais trabalhosas, porém, permitem que o respondente tire dúvidas com o pesquisador. Uma dica inteligente é usar tablets e celulares com a pesquisa online e sua aplicação ser feita de forma física, aproveitando esse benefício. Para isso, é preciso que esses dispositivos tenham acesso à internet.

Revise e aplique o estudo

Com todo o processo pronto, é o momento de aplicar seu estudo e começar a coletar suas respostas. Considerando os objetivos, faça uma última revisão em todo o questionário, para certificar que as questões estão corretas, fazem sentido e são mesmo necessárias.

Avalie os dados coletados

Com a pesquisa realizada, é o momento de avaliar os dados coletados. O ideal é identificar padrões nas respostas e compreender quais informações respondem seus objetivos de pesquisa e outros dados que possam contribuir para a tomada de decisão. Utilizar médias e gráficos facilita a compreensão por parte dos demais membros da equipe e também consultas futuras a esses dados.

Use as informações para tomar decisões

Por fim, não adianta nada realizar uma pesquisa e não aproveitar as informações coletadas para tomar decisões. Crie relatórios e apresentações para todas as áreas do negócio, demonstrando os resultados do estudo realizado e os insights coletados.

Use as dicas apresentadas para construir e aplicar uma boa pesquisa de mercado, bem como aproveitar as informações para melhorar suas decisões. Não se esqueça de começar com um bom planejamento para otimizar todo o processo e aproveitar ao máximo os resultados do seu estudo.

E se você gostou de saber como fazer uma pesquisa de mercado eficiente, não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber dicas como estas direto no seu e-mail!