Os produtos disponíveis no mercado já não prendem a atenção do consumidor apenas pelas suas qualidades essenciais. Em tempos de crise, é necessário colocar a criatividade para funcionar, a fim de atrair e fidelizar clientes

Tendo isso em mente, vale a pena investir na embalagem como se ela fosse parte do produto, introduzindo um significado a mais que um simples envoltório. Com um design bem elaborado, além de encantar o público-alvo, você pode agregar valor à sua marca.

Mas de que maneira as embalagens personalizadas podem fazer o produto chamar a atenção do cliente? Neste post, vamos apresentar 6 estratégias infalíveis para cumprir essa missão. Confira!

1. Agregue valor à embalagem

O mais prestigiado produto do mercado pode passar despercebido se a embalagem não corresponder às suas qualidades. Quantas vezes deixamos de apreciar uma mercadoria nos expositores porque sua embalagem está amassada, mal posicionada, empoeirada ou sem expressão alguma?

Essas situações causam uma péssima impressão! Mas o contrário também é verdadeiro: um produto desconhecido tem grandes chances de se destacar e ser escolhido caso a sua apresentação esteja impecável e, de preferência, com algum diferencial.

A primeira impressão possui um enorme poder de compra. Essa constatação deixa clara a importância de se investir na personalização da embalagem para fidelizar clientes e valorizar sua marca.

2. Crie proximidade entre marca e cliente

Passada a etapa da sedução pelo visual, o contato do usuário com a embalagem pode criar uma relação de proximidade entre ele e a sua marca. Mas, de que forma?

Primeiramente, você deve se colocar no lugar do público para vislumbrar qual seria a melhor maneira de consumir o produto, a começar pela embalagem. Isso engloba as informações contidas no rótulo, a facilidade de manuseio, a segurança no transporte, a qualidade do material, a estética da identidade visual, enfim, toda a experiência vivenciada no primeiro contato.

Quando o consumidor deseja fazer uma compra, algumas situações podem produzir experiências muito positivas, que geram empatia e interação com a sua empresa. Por exemplo: uma embalagem reaproveitável que sirva como organizador de objetos ou embalagens retornáveis com a promessa de descontos para compras futuras.

Nesses dois casos citados, é possível perceber que a personalização pode fortalecer uma marca. Se o seu cliente encontrar um produto com qualidade semelhante na mesma faixa de preço, precisará de um critério para fazer a escolha. E é nesse ponto que você pode sair ganhando.

A personalização incentiva as pessoas a continuarem preferindo a sua marca em razão das vantagens adicionais que ela oferece. Isso cria o hábito do consumo daquele item em especial, e é isso que resulta em fidelização.

Tudo isso feito apenas com um projeto de design elaborado especialmente para o seu público, sem propagandas e nem investimentos adicionais. É simplesmente o seu produto falando por si e cumprindo as expectativas do consumidor.

3. Valorize a marca

Saber posicionar a sua marca no mercado em um cenário tão competitivo é indispensável para ser visto em primeiro lugar e aumentar os índices das vendas. Nesse sentido, a personalização oferece a oportunidade de explorar o seu logotipo juntamente com todos os elementos da identidade visual da sua empresa.

Com isso, o consumidor transportará a sua marca a um alcance que dificilmente pode ser conseguido por meio do marketing comum. Nesse caso, a embalagem faz o trabalho de divulgação sem a necessidade de investir em veículos de publicidade.

Além disso, você pode optar por um programa de fidelização, no qual o cliente ganha um prêmio ou um desconto especial após atingir determinado número de compras.

Um programa que vem alcançando bastante popularidade ultimamente é o Cash Back, em que o cliente recebe de volta parte do dinheiro investido em uma compra.

Outro exemplo interessante é de iniciativa da empresa de cosméticos M.A.C. O Back to MAC promove a troca de 6 embalagens originais vazias de plástico ou de vidro por um batom grátis. São ações que incentivam o retorno do cliente e fortalecem a marca.

4. Ofereça uma embalagem sustentável

As marcas que demonstram responsabilidade com o meio ambiente estão à frente da concorrência, portanto, adotar um papel sustentável é um diferencial. Isso pode e deve ser aproveitado no desenvolvimento de embalagens.

Hoje em dia, o conceito de cidadania empresarial está sendo cada vez mais levado a sério. Nesse sentido, a facilidade do acesso do público a todo o tipo de informação transforma o cliente em formador de opinião.

Isso o torna um influenciador na decisão de compra de muitas outras pessoas que consomem suas dicas e convicções sobre determinados produtos e serviços ofertados no mercado. Esses influenciadores usam constantemente os diversos canais digitais para disseminar essas informações.

O cliente de hoje, principalmente o público jovem, está engajado e demonstra ter consciência do seu papel na sociedade, por isso, estar realmente preocupado com a sustentabilidade promovendo ações nessa direção é relevante para o ponto de vista desse público.

5. Acrescente um toque pessoal

Uma maneira simpática de agradar pela embalagem é adicionar “mimos” diretamente relacionados aos clientes, como o nome dele em uma etiqueta ou cartão. De forma simples e direta, você entrega mensagens carregadas de significados emocionais.

Atitudes como essas são capazes de aproximar uma grande parcela do seu público consumidor com a empresa. Isso facilita a construção de um relacionamento de confiança e afeto com a sua marca, favorecendo futuras compras.

6. Promova facilidade e eficiência com design

A personalização do design de uma embalagem deve ser pensada de forma estratégica para construir um diálogo entre o conceito da marca e as expectativas do público-alvo. Mas, para que isso funcione com eficiência, é preciso observar alguns quesitos indispensáveis, como:

Estética

Se você pretende encantar o seu público, entenda que a aparência é fundamental no primeiro contato. Esse ingrediente ainda é o causador do primeiro impacto positivo ou não.

Embalagens personalizadas demandam tempo e investimento para que possam, por si mesmas, manterem o interesse do consumidor. Elas devem ter apelo visual, senão passam despercebidas.

Praticidade e utilidade

Esses quesitos envolvem aspectos de funcionalidade, como reaproveitamento, transporte seguro, facilidade para limpeza, conservação da temperatura, manuseio para abrir, fechar e acondicionar.

Cada produto exige um conjunto específico desses atributos, que devem funcionar perfeitamente além de agregarem valor para influenciar a decisão de compra do cliente.

Conveniência

Essa qualidade é muito importante, considerando o estilo de vida da maioria das pessoas no mundo atual. Por exemplo: embalagens para viagem são muito atrativas, uma vez que cabem em malas e bolsas e são muito úteis para alimentos e cosméticos.

Pessoas que moram sozinhas sempre dão preferência a produtos com embalagens individuais, que ocupam menos espaço e evitam o desperdício. Diferenciais como esses podem constituir o principal conceito de uma marca e garantir um lugar único no mercado.

Desenvolver embalagens personalizadas já é uma necessidade inadiável para as marcas que pretendem se destacar no mercado. Por isso, é imprescindível usar essa estratégia confiando em profissionais capacitados para a produção desses itens.

A Ideia Embalagens é especialista na criação de embalagens personalizadas, partindo das necessidades de cada cliente. Ela apresenta soluções diferenciadas e criativas que valorizam sua marca para trazer ótimos resultados.

Você já pensou em personalizar as embalagens dos seus produtos para fidelizar clientes e alavancar suas vendas? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdos como esse!