Sabemos que mais do que acondicionar e proteger, a embalagem de produtos diz muito sobre o item entregue, afinal é ela que tem o poder de expressar visualmente a própria identidade da marca.

Embalagens podem comunicar ideias, transmitir sentimentos, passar credibilidade, seriedade, irreverência ou mesmo remeter a certa responsabilidade com o meio ambiente. Inovar na embalagem é, sim, o caminho mais fácil para dar um novo impulso e continuar crescendo no mercado. Mas como fazer isso? Descubra como dar o pontapé inicial para inovar na embalagem dos seus produtos. Acompanhe:

Como inovar na embalagem de produtos?

1. Crie versões especiais da embalagem oficial

Criar algo novo não significa necessariamente romper com todos os modelos já existentes. Basta pensar em uma forma inteligente e pouco usual de embalar o produto, inovando o suficiente para destacá-lo dos concorrentes diretos.

É claro que o exercício da criatividade conta na hora de elaborar uma nova versão da embalagem. Alguns cases ficaram conhecidos no quesito criatividade, um deles foi o da vodka Smirnoff Caipiroska, que teve a garrafa completamente embrulhada indicando, através da cor e textura ilustrada no embrulho, o sabor da bebida: limão, morango ou maracujá. E para ser aberta, a garrafa deveria ter seu embrulho removido, o que simulava o ato de descascar uma fruta.

Na verdade, ter um diferencial estético criativo é um atrativo fascinante no momento da compra no ponto de venda, ou mesmo da entrega do produto nas mãos ou no endereço do cliente. Por isso, reflita antes quais variações do produto receberiam uma embalagem extraoficial e em que situações elas seriam utilizadas.

Tenha em mente que cores, cortes especiais, formatos e imagens (ou a ausência deles) devem valorizar e reforçar a comunicação do produto. Tudo isso contribui para a percepção da marca pelo cliente.

2. Opte por materiais com a proposta da sustentabilidade

Até a escolha do tipo de material na composição da embalagem já comunica algo relevante sobre a identidade da marca. Nesse sentido, o uso do papel reciclado e de outros insumos sustentáveis tem se difundido. Mesmo porque o perfil atual de consumidor revela um indivíduo mais atento a questões de impacto ambiental.

Como tudo depende do tipo de produto a ser embalado, o melhor é que você verifique se a utilização de embalagens feitas a partir de material reciclado é possível no caso do produto. A escolha entre plástico e papel pode marcar um diferencial importante quanto à comunicação da marca.

Lembre-se também de que o desenho das embalagens vem sendo aprimorado com o apoio da tecnologia, gerando invólucros inteligentes dentro da especificidade de cada produto, e que por causa da maior preocupação com a sustentabilidade o uso de embalagens de papel recebeu um novo olhar.

Por fim, ao optar por materiais reciclados, certamente os custos das embalagens seriam menores, o que representa um benefício a mais nessa escolha.

3. Crie embalagens funcionais

Já que a embalagem deve comunicar o que o produto significa e, em determinados casos, até mesmo dar dicas sobre sua performance, o melhor é que a funcionalidade esteja presente.

De acordo com suas particularidades, um produto pode precisar ser protegido com mais delicadeza, ou de forma mais robusta, ou privilegiando a transparência, entre outras tantas necessidades. Ter uma embalagem funcional significa que o produto poderá, em razão de sua embalagem, ser transportado pelo cliente, ou até o cliente, da melhor maneira possível, seja esse produto uma flor, uma peça de roupa, um alimento fresco ou uma garrafa.

Neste quesito, vale ressaltar que o recebimento do produto em domicílio tem uma atmosfera diferente por envolver certa ansiedade no momento do recebimento. Aproveitar o caráter único desse momento, apresentando a embalagem mais adequada, é uma forma inteligente de chamar a atenção do cliente, contribuindo para uma melhor percepção da marca.

A indústria da moda, por exemplo, possui uma dinâmica de funcionamento bastante peculiar, principalmente no que se refere ao vestuário. Nesse segmento, é importante para as marcas conseguir comunicar com eficiência as tendências que se manifestam na sociedade. É pensando nisso que novas ideias surgem, como a embalagem para camisetas criada por Asli Ozcivelek, uma designer da Turquia que vive em Nova York e buscou, no desenho da peça, aliar a preocupação com a sustentabilidade à praticidade necessária da embalagem. Pela fresta do pacote pode-se não apenas ver a cor ou estampa do produto, mas também tocar o tecido. Além disso, é uma vantagem, em termos de uso do espaço físico, que a embalagem seja pendurada como um cabide e que possa ser carregada pela alça. Tudo feito a partir de material reciclado.

4. Fique atento ao futuro das embalagens

Há tempos já são fabricados produtos de limpeza cuja embalagem contém dispositivos para auxiliar na dosagem correta de uso. Outra criação nada recente foi da versão concentrada dos produtos, fazendo com que se economizasse um considerável espaço físico no armazenamento dos recipientes.

Agora, o futuro aponta para o uso das impressoras 3D, que vem se tornando cada vez mais adaptadas para os mais diversos usos, desde a confecção de objetos simples, até a preparação de peças para construção civil. Provavelmente o maior trunfo do uso dessas extraordinárias impressoras seja o tipo de insumo que necessitam para produzir: geralmente resíduos que seriam descartados.

Por que inovar na embalagem de produtos é importante?

Primeiramente, porque os consumidores estão bem mais atentos aos princípios de cada marca. Portanto, este é um ótimo momento para começar a comunicar melhor a sua. Depois, porque inovar sempre foi uma atitude de peso no cenário competitivo.

Inovar na embalagem de produtos é também o menor custo que você terá para conseguir destacar-se no mercado em que atua. Dar ao consumidor novas opções é sair na frente para inspirar os indivíduos sobre as diferentes possibilidades de enxergar, ler, carregar ou guardar um mesmo produto. Hoje isso é facilmente percebido nas embalagens que expõem links e QR Codes, promovendo mais interatividade e uma comunicação para além da visual.

Comunicar visualmente é sempre uma oportunidade incrível de gerar identificação com a marca, afinal a mensagem na embalagem de produtos será inevitavelmente vista pelo consumidor.

E agora? Será que você já consegue visualizar melhor como inovar na embalagem de produtos? Então, mãos à obra! Mas não antes de assinar nossa newsletter e garantir que vai continuar acessando conteúdos como esse!