O Instagram foi chegando aos poucos e conquistando seu espaço na vida das pessoas. Cresceu tanto que virou até fonte de renda principal de muita gente, de influenciadores digitais a lojas que atingem um alcance muito maior de divulgação de seus produtos. Assim, conseguem inclusive vender pela rede social.

Por ser uma rede social dinâmica, o Instagram permite que as informações sejam espalhadas quase que de imediato quando algum conteúdo é postado. Por isso, quem deseja acompanhar o mercado precisa garantir agora presença nesse mundo de possibilidades.

Vendo assim pode parecer complexo, mas você compreenderá que com um bom planejamento e muita dedicação tudo fica mais fácil. Confira nossas 5 dicas de como vender pelo Instagram!

1. Crie um perfil para a sua loja

O primeiro passo é baixar o aplicativo e criar uma conta comercial. Caso você já tenha uma pessoal e prefira apenas alterar, pode tomar essa decisão, mas é importante ter um perfil para uso exclusivo da empresa.

O cadastro pode ser feito por meio do uso de um e-mail ou com acesso vinculado ao Facebook. Verifique se o nome da sua empresa está disponível para uso. Se não estiver, procure opções alternativas, mas sempre lembrando da necessidade de remeter à sua marca.

Coloque na descrição do perfil (conhecida como “bio”), de forma resumida, informações relevantes sobre o negócio, como ramo de atuação, endereço, link direto para o site, telefone, etc. Deixe esses dados organizados claramente para que o usuário identifique com facilidade.

Por fim, insira uma foto de perfil que represente a companhia. Tenha em mente que a imagem aparece em um espaço bem pequeno e esse é o primeiro contato do usuário com você, então aposte em conteúdos sem muitos detalhes ou de difícil entendimento.

2. Invista na qualidade visual das publicações

O Instagram é uma rede muito visual, ou seja, antes de você ter acesso ao material da publicação, se depara com uma imagem. Portanto, precisa garantir que a qualidade dessa foto seja boa e que ela seja capaz de chamar a atenção dos internautas logo de cara.

Fotos

Antes de começar a alimentar a página, você deve definir um padrão de postagens. Isso consiste em delimitar uma cartela de cores, tipo de fotografia, entre outros pontos.

O perfil do Instagram é como um álbum. Então, se quer causar boa impressão, é importante que as fotos sejam harmoniosas entre si, pois a poluição visual pode resultar em resultados negativos. Tenha cuidado com o enquadramento das imagens, resolução, cenário etc.

Vídeos

Outro recurso visual são os vídeos, que oferecem duração máxima de 60 segundos. É importante que o conteúdo seja capaz de prender a atenção do usuário logo nos primeiros segundos. Caso contrário, passará despercebido em meio ao restante.

Esses materiais podem conter informações sobre seus produtos, como dicas de uso, making-off de campanhas ou qualquer outro assunto relevante para o consumidor, desde que esteja dentro dos padrões estabelecidos anteriormente (cartela de cores etc).

Stories

Essa ferramenta pode ser usada de forma bem mais descontraída, visto que fica disponível somente por 24 horas. Nela, você pode esclarecer dúvidas, divulgar promoções, anunciar um produto ou o que mais quiser.

Recentemente o Instagram lançou uma atualização pela qual é possível criar Destaques. Essa ferramenta permite que se deixe disponível o conteúdo das Stories por mais de 24 horas no perfil, além de organizá-las por “pastas”.

Texto

Agora que você já conseguiu a atenção do internauta com seu conteúdo visual, está na hora de caprichar nas legendas. Crie pequenos textos inovadores, que falem a mesma “língua” de seus clientes.

Lembre-se de usar as hashtagspois elas agrupam e direcionam os usuários a assuntos do mesmo interesse, além de alcançar um maior número de pessoas.

3. Aposte em parcerias

Uma das formas mais eficazes de divulgar seu produto nas redes sociais é fechando parcerias com influenciadores digitais. Como o próprio nome já indica, essas pessoas contam com um número relevante de seguidores e têm grande influência sobre eles.

Os ”influencers” costumam ganhar produtos de marcas em troca da divulgação delas. Essa é uma excelente prática principalmente para quem ainda não tem muita visibilidade no mercado e busca ser conhecido.

Além da divulgação, o influenciador passa segurança para que os consumidores se sintam à vontade em adquirir aquele determinado produto. Antes de firmar parceria, é importante identificar quais são os perfis mais adequados e que tenham mais chances de trazer bons resultados para suas vendas.

Por exemplo, se você vende roupas infantis personalizadas e bordadas a mão, não adianta fechar negócio com uma personalidade teen. Afinal de contas, boa parte dos seguidores dela provavelmente são adolescentes que ainda estão na fase escolar e não vão se interessar pelo seu produto.

4. Crie promoções e sorteios

Criar sorteios em parceria com outras lojas é uma grande jogada para divulgar sua marca e conseguir seguidores. Não há uma regra, mas a maioria dos sorteios funciona com a reunião de algumas marcas, e cada uma disponibiliza um ou mais produtos para ser sorteado.

O internauta que quiser participar precisa marcar nos comentários um número preestabelecido de amigos (não valem perfis de pessoas públicas, lojas ou fakes) e seguir todas as marcas parceiras. Depois disso, basta divulgar o sorteio para que ele atinja o máximo de pessoas.

5. Fique atento à embalagem e a entrega do produto

Criar um diferencial para se destacar no mercado é fundamental, e a maneira que você entrega seu produto diz muito sobre a empresa. Por isso, é indispensável investir em embalagens personalizadas que ajudem a fixar sua marca e proporcionem uma excelente experiência de compra.

Falamos anteriormente sobre parcerias com influenciadores digitais. Uma prática muito comum entre eles é fazer um compilado de “recebidos”, ou seja, registrar a experiência dos recebimentos dos produtos. A maioria deles demonstra uma euforia bem maior quando a embalagem é diferenciada, dando mais destaque ao produto e aumentando o retorno para a marca que o enviou.

Conforme observamos, investir em uma rede social como o Instagram é uma estratégia bastante válida. Usando corretamente os recursos oferecidos pela plataforma, as vendas podem ser incrementadas e a marca tende a ganhar credibilidade. O resultado disso aparece nos lucros mensais da empresa.

Agora que você virou craque na arte de vender pelo Instagram, nos siga no Facebook e claro, no Instagram para ter acesso a mais conteúdos como esse!