Embalagens para alimentos congelados: quais os cuidados necessários?

Aqueles que empreendem no setor de alimentação sabem que uma das tarefas mais importantes é a escolha de embalagens para alimentos congelados. Nesse contexto, a temperatura tem sido apenas um dos fatores que devem ser considerados na hora de decidir.

Existem características inerentes às condições de refrigeração e à alimentação de forma geral que devem ser levadas em conta. E quanto mais cresce a popularidade dos produtos congelados, mais aumentam as opções que o mercado especializado em embalagens disponibiliza para armazená-los.

Por isso, elaboramos este post para explicar a importância da escolha das embalagens, os cuidados para garantir a melhor opção para o seu caso e os tipos mais utilizados para comidas congeladas. Acompanhe!

Qual é a importância da escolha da embalagem para alimentos congelados?

É bastante simples: uma boa embalagem vai garantir a conservação e a proteção dos alimentos. As embalagens para alimentos congelados são úteis para uma diversidade de produtos — que, geralmente, são congelados e, posteriormente, descongelados ou preaquecidos.

Além de serem utilizadas para estender a vida útil dos produtos, as embalagens são usadas para fazer uma distinção entre a sua marca e as dos seus concorrentes. Para tanto, um design mais criativo é importante para atrair a atenção dos clientes. Essas embalagens servem para produtos como:

  • alimentos pré-cozidos;

  • batatas fritas;

  • vegetais misturados congelados;

  • frutas congeladas.

A elaboração de um excelente projeto de embalagem pode servir como uma ótima ferramenta promocional, utilizada para atrair os consumidores para a sua marca e, claro, para manter a fidelidade dos clientes atuais.

São inúmeras as vantagens das embalagens flexíveis para os alimentos congelados. Elas são capazes de prolongar a vida útil dos produtos e de disponibilizar informações nutricionais que podem ser consultadas claramente, o que é vantajoso para varejistas e clientes.

O que levar em conta na escolha das embalagens para alimentos congelados?

Alguns cuidados são imprescindíveis no armazenamento de alimentos, sobretudo quando se trata de alimentos congelados, pois é preciso assegurar que o produto chegue ao cliente com as condições para consumo preservadas. Confira, nos próximos tópicos, o que levar em consideração para não escolher embalagens inadequadas.

Resistência a rasgos

A resistência é um dos fatores que precisam ser levados em conta. Para evitar rasgos e demais riscos de exposição dos produtos, é fundamental que sejam utilizados materiais apropriados para baixas temperaturas e extremamente resistentes ao contato com sólidos pontiagudos.

Impermeabilidade

Outro fator relevante é a umidade. Ao ser retirado do freezer, o alimento pode ficar desidratado e apresentar alterações de sabor e cor, por exemplo, afinal, ele tende a sofrer oxidação. Nesse caso, é preciso usar embalagens hermeticamente fechadas, para evitar o contato com o ar e a perda de umidade.

Proteção e preservação dos nutrientes

Estamos falando de alimentos, portanto, é indispensável que as características nutricionais sejam preservadas até o momento em que o cliente for consumi-lo. No caso dos alimentos congelados, a manutenção da temperatura é o passo inicial.

Flexibilidade

Ao serem congelados, muitos alimentos necessitam de espaço para se expandir. Isso acontece devido à alteração de temperatura, especialmente no caso de produtos pastosos ou líquidos. Portanto, a flexibilidade da embalagem é essencial.

Resistência à aderência

No caso dos alimentos congelados, também é bastante comum que as condições de armazenamento estejam sujeitas à aderência devido à baixa temperatura ou ao contato com gordura. É preciso considerar esse fato ao escolher o material da embalagem.

Quais são os tipos de embalagens para alimentos congelados?

Hoje em dia, existem diversos tipos de embalagens para armazenamento de alimentos congelados. Saiba mais sobre as principais opções.

Recipientes plásticos com tampa

Por serem fáceis de limpar e estarem disponíveis em uma grande variedade de formatos e de tamanhos, os recipientes plásticos são muito usados.

Mas é preciso atentar para o fato de que o material precisa suportar baixas temperaturas, bem como as deformações dos produtos, sem rachar. Lembrando que a tampa deve ser utilizada para impedir a perda de umidade e a entrada de ar.

Recipientes aluminizados

Bandejas, pratos e folhas de papel alumínio são extremamente recomendados para o uso caseiro e também para conservar alimentos congelados por um curto período de tempo — afinal, são facilmente moldáveis ao formato do produto. Porém, não garantem o fechamento hermético e não podem ser levados ao micro-ondas.

Sacos de polietileno

Assim como o papel alumínio, os sacos de polietileno são uma ótima alternativa para armazenar alimentos que tenham formato irregular, podendo ser moldados de maneira fácil.

Porém, é preciso ter o cuidado de retirar todo o ar antes de selar a embalagem, para evitar a oxidação. Devido às condições de manipulação, não são os mais adequados para alimentos líquidos.

Papel cartonado

De todas as opções que citamos, a embalagem de papel cartonado é a que oferece maior resistência às alterações de temperatura, sendo, portanto, a mais indicada para a maioria dos casos, principalmente para delivery.

Isso se deve ao fato de que esse material, além de ser indicado para alimentos congelados, também pode ser levado ao micro-ondas ou ao forno convencional.

Diante da variedade de opções, é preciso destacar a importância de contar com a ajuda de uma empresa especializada e com experiência no mercado para avaliar qual é a melhor embalagem para o seu produto. Essa pode ser uma maneira de alavancar a sua produção de alimentos congelados e de fortalecer a sua marca.

Lembre-se de manter um canal de comunicação aberto com os consumidores e ficar por dentro das tendências de consumo e das novidades em tecnologia. Isso é imprescindível para que as mudanças no mercado sejam percebidas com antecedência, dando chance para reposicionamento dos produtos e ajustes rápidos, quando necessário.

Tendo em mente essas dicas, antes e durante o processo de planejamento, vai ficar muito mais fácil prever e evitar problemas que podem trazer prejuízos para o seu negócio. Então, não deixe de colocá-las em prática e contar com profissionais capacitados para desenvolver as embalagens para alimentos congelados e fornecer as melhores opções para o seu negócio.

E aí, ficou interessado e quer investir nas melhores embalagens para os seus alimentos congelados? Então, entre em contato conosco agora mesmo para conhecer os nossos serviços!

Mais Artigos Para Você

Doces para vender na Páscoa: 9 ideias que podem aumentar seus lucros

Se você é fã de chocolate, sabe que a Páscoa é um dos feriados mais aguardados do ano, não é …

Qual a diferença entre identidade e imagem da marca?

Criar uma marca significa reunir conceitos palpáveis e intangíveis. Ela é muito mais do que apenas um nome ou uma palheta de …

3 motivos para adotar embalagens personalizadas para alimentos

Você já pensou nas vantagens de adotar embalagens personalizadas para alimentos? Investindo nelas é possível fortalecer a sua marca, conservar e transportar …

Afinal, por que devo usar embalagem personalizada para ovo de Páscoa?

A embalagem personalizada para ovo de Páscoa é uma importante ferramenta de marketing para aumentar as vendas nessa época do ano. A …

7 dicas para escolher as embalagens para produtos frágeis

Um dos principais cuidados que os varejistas precisam ter com suas mercadorias é garantir que elas cheguem à casa dos …