Aquela velha impressão de que o tempo passou rápido durante o ano, quando já estamos às portas do Natal, realmente surpreende a todos. Mas, na verdade, o Natal é uma grande data para o comércio e existe uma enorme expectativa em torno dela. Inclusive a presença de embalagens para Natal nos pontos de venda é um sinal claro disso.

Com os corações aquecidos, o terreno fica fértil em oportunidades para proporcionar experiências positivas aos consumidores. Portanto, no material de hoje você vai ter a chance de rever cada detalhe dentro do tema embalagens para Natal: encantar, envolver e dar visibilidade ao negócio. Afinal, não é cedo para falar dessa grande data, já é tempo! E quem se prepara antes, sai sempre na frente. Então, acompanhe e boa leitura!

Por que é importante escolher boas embalagens para o Natal?

No momento de vender, o que importa é a apresentação do produto, por isso a embalagem faz tanta diferença. Em ocasiões especiais, com o Natal, existe toda uma legenda de cores e ilustrações a serem exploradas criativamente para caracterizar o produto de forma marcante e diferenciada.

Boas embalagens deixam boas memórias, e têm potencial para marcar uma experiência positiva e fazer com que o produto seja lembrado na mesma data futuramente. Além disso, as embalagens também são meios de transmitir a ideia de que a produção é profissional, o que conta muito a favor do negócio.

Quando dois produtos têm o mesmo preço, mas embalagens diferentes, fatalmente o produto apresentado com uma embalagem mais elaborada tem vantagem. E com a chegada da época de Natal, esse diferencial na embalagem ganha ainda mais importância. Este é, sem dúvida, um excelente período do ano para promover um produto e tornar o negócio mais conhecido. E o uso de embalagens diferenciadas, alinhadas ao tema natalino, pode ajudar a desencadear esse processo.

Embalagens natalinas são um benefício, e consumidores querem benefícios

É claro que as funções já esperadas de uma embalagem são amplamente conhecidas: elas devem conservar bem os produtos (considerando suas particularidades), acondicionar adequadamente, facilitar o transporte e proteger. Porém, no Natal existe também uma expectativa por diversão e conveniência, afinal é a época de presentear.

Oferecer o produto em embalagem natalina não é apenas um benefício a mais para o consumidor, mas a prova de que suas demandas estão sendo percebidas.

Como escolher boas embalagens?

Embalagens para o Natal que se destacam possuem um diferencial marcante relacionado à data. Uma boa alternativa é exercitar um pouco o conceito de benchmarking e pesquisar o que outras empresas, preferencialmente do mesmo segmento de mercado que o seu, costumam usar nessa época. A ideia é ter contato com diferentes tipos de embalagens e propostas de invólucro no tema natalino. Isso você consegue até mesmo pesquisando em sites que catalogam imagens e ideias na internet.

Só então, partindo de tudo o que foi visto e considerando as especificidades do seu negócio, vai ser possível escolher que tipo de embalagem pode ornar o seu produto. As ideias variam desde de pequenos detalhes afixados na embalagem, como minibolas de árvores de Natal, fios de lã ou linhas de crochê nas cores natalinas, recortes, moldes e imagens de natal, até embalagens com montagem por dobradura, impressas em papel especial e já estampado com o tema.

Embalagens para Natal são versões especiais

Sabemos que as versões especiais que derivam da embalagem oficial são, antes de tudo, uma decisão antecipada. A chegada da temporada natalina é o momento de colocar em prática a versão extraoficial de embalagem que pode ter sido pensada e incluída no calendário de planejamento do negócio.

Cortes especiais, imagens e demais variações são técnicas que vão contribuir para dar mais valor ao produto, fazendo com que ele comunique ao consumidor o clima desta fase do ano e, com isso, gere recordações. Imagine que árvores de Natal formadas com dobradura de papel podem assumir a forma de caixa e compartimentar produtos, assim como pequenos sacos de feltro, tnt ou outro tecido qualquer podem abrigar pequenos itens já devidamente embalados.

Embalagens customizadas

Quando a intenção é dar uma nova cara à embalagem do produto, a customização ajuda bastante. Apliques de recortes de papel com imagens que remetam ao Natal favorecem a percepção da nova aparência da embalagem. A propósito, é importante não confundir embalagens personalizadas com customização. Personalizar é desenvolver um modelo de embalagem com a marca alinhada à identidade visual da empresa.

Outros recurso simples é prender etiquetas com frases de cumprimentos tradicionais natalinos às embalagens dos produtos. Aliás, as frases nem precisam ser tradicionais, podem ter um estilo próprio que seja condizente à proposta comunicativa do produto ou da marca.

Ornamentos especiais impulsionam as vendas

Embalagens natalinas podem ser um multiplicador de vendas porque têm o poder de fascinar. Vale apostar em sacolas com itens diferenciados, embrulhos fornecidos à parte — como opção para quem ainda não decidiu se vai presentear —, ou mesmo investir em  invólucros confeccionados a partir de material reciclado.

Como a ceia natalina geralmente implica a presença de bebidas especiais, contar com embrulhos para garrafas que, além de adequados, estejam alinhados ao tema do Natal é uma boa alternativa. Além disso, existem variados modelos criativos de embalagens para presentes, é só conferir as opções.

Embalagens que sugerem interação no meio virtual

A interatividade não pode ficar de fora, ainda mais porque os links e QR Codes impressos nas embalagens são responsáveis por ampliar o canal de comunicação com o cliente.

Ao ter contato com o produto, os consumidores podem sentir a necessidade de validar a informação usando seus dispositivos móveis para fazer a leitura do código ou simplesmente para acessar algum link. Essa oportunidade de interagir pode ser aproveitada de diversas formas pela empresa, especialmente no Natal, quando os indivíduos e as famílias estão mais propensos a aproximar o contato, passando mais tempo conectados. Pense nisso!

Dicas de embalagens para panetone

Sejam artesanais, caseiros ou mesmo já comprados prontos, os panetones são uma escolha conhecida de presente para o Natal. Por isso, para pensar na embalagem desse tipo de produto, com dimensões tão características, é importante levar em conta dois tipos de público: os que compram apenas para consumo próprio, o que implica o uso de uma embalagem mais simples, e os que desejam oferecer panetone como presente.

Quando o intuito é presentear, o melhor é que o panetone tenha uma embalagem atrativa, encantadora e que marque a ocasião. Laços de espessura mais grossa e com padrões de estampa nas cores do Natal são boas escolhas para embalar o produto. Os laços podem ser duplos, presos com segurança por linhas e nós. A amarração dos laços pode até seguir um padrão, garantindo uma boa apresentação para todos os clientes.

Quanto ao invólucro, os panetones para presente sem dúvida ficam melhor acondicionados em caixas. Porque dessa forma suportam o transporte e mantém conservada a sua estrutura delicada.

As caixas podem ser totalmente fechadas ou oferecer uma visualização do produto sob alguma perspectiva, através de um recorte frontal, por exemplo. Nesse caso, é imprescindível que o panetone esteja vedado em plástico transparente, já que a ideia é exibir o produto, mas manter a conservação.

Dicas de embalagens para doces

No campo das embalagens para doces, seja a função principal ornar a mesa natalina ou entregar ao cliente um produto de aspecto especial, é fundamental considerar uma série de fatores na hora de escolher a embalagem: o tipo do doce, a temperatura em que deve ser mantido, o formato, a consistência e a decoração que eventualmente levem.

Doces pequenos, arredondados

A embalagem deve ser pensada de acordo com as características do doce. Biscoitos e bolachas podem, supostamente, ser colocados em um recipiente de vidro tubular e vertical, já brigadeiros finos não ficariam tão bem-apresentados dessa forma.

As tradicionais forminhas redondas de brigadeiro, feitas em papel, servem para dar estabilidade ao doce, mas para organizar em uma caixa a melhor opção é usar também as quadradas de papel cartão. Desde de que sejam escolhidos os tons típicos da decoração natalina, o requinte fica por conta do uso de papéis rendados, fitas acetinadas delicadas e caixas para compartimentar.

Os detalhes de Natal podem aparecer tanto na embalagem unitária de cada doce (que pode ser personalizada com a marca do negócio ou customizada individualmente), quanto da embalagem que agrupa vários doces. Imagine que as embalagens individuais podem compor um cenário com personagens ou ícones de Natal.

Doces de colher

Sejam geleias, compotas ou brigadeiros de colher, combinam perfeitamente com embalagens de vidro, mini ou médias. Elas podem ser resguardadas dentro de caixas ou cestos de material mais resistente que papel, afinal o peso é maior em razão do peso do vidro.

Uma boa ideia é afixar garfinhos de madeira às embalagens, usando cordões e sempre atentando para detalhes no tema natalino.

Doces com formatos pouco usuais

Para aqueles doces triangulares, pontiagudos, ou mesmo os que contenham detalhes delicados em relevo, é preciso pesquisar por embalagens que atendam ao formato, sem, necessariamente, procurar por embalagens no segmento dos doces.

Mesmo utilizando caixinhas e papéis tradicionais, é possível inovar no uso — como quando se aplica papel rendado para enfeite, em vez de usar como forro embaixo de um doce. É interessante acrescentar à embalagem adereços simples como linhas, barbantes, recortes de tecido, de papel, dobraduras, além de flores ou ramos, artificiais ou naturais. Tudo respeitando o tema da época, lembrando que tons dourados ou prateados trazem mais sofisticação ao presente.

As caixas, por sua vez, podem ter como apelo a exibição dos doces em seus detalhes, já que possuem um formato diferente e isso tem efeito positivo para quem vê. Portanto, vale a pena optar por caixas cuja tampa tenha um recorte em material transparente.

Algo para levar em consideração é que o consumidor de hoje busca praticidade. Aposte em embalagens práticas, mas mantendo o foco sobre a originalidade.

Cupcakes

Aproveitar o formato arredondado de um mini chapéu de duende, ou de ajudante de papai noel, pode servir perfeitamente para acomodar os pequenos bolos. Esses formatos de embalagem para cupcakes seriam pequenas caixas de papel personalizadas, aliás, a mesma ideia pode ser reproduzida na representação do corpo do papai noel, na área do cinto.

A matéria-prima dessas estruturas seria um papel colorido mais espesso, como o papel-cartão. Observe que as embalagens com caracterização diferenciada podem comunicar imediatamente um motivo, uma proposta.

Dicas de embalagem para presentes

Já vimos que, desde que o produto esteja acondicionado adequadamente por uma embalagem apropriada, a aplicação de adereços externos tem combinações ilimitadas, basta usar a criatividade para dar uma nova cara ao produto. Isso funciona igualmente para cosméticos e itens de vestuário.

Nesse sentido, papéis de presente podem ser recortados no formato de imagens ou virarem cartões. Fitas de todas as espessuras e cores tradicionais natalinas (verde, vermelho, dourado, prateado e, inclusive, azul) trazem elegância ao presente. Ramos de pinheiros, cordões, cordas e saquinhos de juta podem trazer aquele diferencial no acabamento da embalagem.

A propósito, embalagens com o tom rústico combinam perfeitamente com o Natal. O interessante é que, dentro desse tema, existe a opção da embalagem produzida a partir de material reciclado ou de materiais sustentáveis. Outra ideia é optar por embalagens que posteriormente possam ser reaproveitadas para outras finalidades, como é o caso dos saquinhos de pano e embrulhos em tecido amarrados por cordões.

Embalagens sustentáveis para o Natal

No Natal, a troca de presentes é bastante tradicional, o que significa existir uma significativa demanda para produtos que necessitem de embalagem dentro do tema. É inegável que uma grande quantidade de material costuma ser descartada depois de os produtos serem desembalados e isso é um aspecto relevante no momento de pensar a embalagem do produto: por que não optar por algo que possa ser reutilizado e fazer o cliente perceber isso como um diferencial da embalagem?

Investir em embalagens sustentáveis pode atrair um público específico e acaba dando um apelo interessante que contrasta com uma época de grande consumo. Menos desperdício significa melhor aproveitamento dos recursos.

Pessoas de gerações anteriores tinham como hábito guardar embalagens e embrulhos de presentes, a ideia era utilizar para presentear novamente. Essa é uma prática que pode voltar a ser incentivada, pois resgatar velhos hábitos desse tipo é uma iniciativa que contribui para a sustentabilidade. A utilização mais racional das matérias-primas beneficia a preservação do meio ambiente e essa é uma mensagem já conhecida pelo público.

Embalagens para produtos vendidos online

A maneira como as pessoas vivem e se agrupam tem mudado nos últimos anos. Grande parte delas não vive na mesma cidade em que nasceu, ou onde sempre viveu a maioria de seus familiares. Ao invés disso, viajam, experimentam e, muitas vezes, constituem família com pessoas de outros lugares, outras culturas.

O comércio online desempenha um importante papel nesse contexto, em especial na época de Natal, porque possibilita a entrega de presentes através do envio postal. A ideia é a empresa aproveitar a oportunidade para oferecer o recurso de entregar o presente devidamente embalado com tema natalino. Ou, ao menos, incluir junto ao embrulho uma opção de embalagem para ser usada ao decidir presentear.

Desde que a embalagem extra não faça muito volume, incidindo sobre o valor do frete, pode ser enviada tranquilamente. Impressões em papel couchê, com abas dobráveis ou destacáveis são uma opção que harmoniza com essa ideia.

Dicas de embalagens personalizadas com temas natalinos

Quando a ideia é encantar um público específico, como as crianças, vale a pena explorar o uso de brindes que sejam anexados à embalagem: giz de cera, adesivos autocolantes, desenhos destacáveis, copos personalizados ou pequenos brinquedos — seguros e adequados à idade. Os brindes podem ornamentar a embalagem, destacando um atrativo.

A originalidade conta bastante na embalagem de um produto. Da mesma forma que embrulhos caseiros podem ganhar um toque personalizado quando preparados de modo criativo, o uso de invólucros típicos, quando utilizados de modo diferente, muda a perspectiva sobre o produto e traz o efeito original ao embrulho.

É claro que, na hora de personalizar, as peculiaridades do produto têm de ser respeitadas, assim como a identidade visual da marca e a proposta comunicativa, se já a empresa já trabalhar com uma. E não podemos esquecer de considerar as características público principal para quem o produto é dirigido!

O efeito do capricho e da originalidade nas embalagens para Natal

Não resta dúvida de que esses são atributos que valorizam o produto. Embalagens caprichadas geram boas fotografias, o que dá mais visibilidade ao produto. Isso é um efeito impactante principalmente para os negócios que atuam no meio online.

Os invólucros criativos e bem confeccionados transmitem a ideia de cuidado e de boa qualidade logo no primeiro contato. Na época de Natal, o capricho é ainda mais importante em razão da tradicional troca de presentes.

A criatividade, de fato, realça os produtos. No caso dessa data, especificamente, o território imaginativo conta com muitos adereços que podem ser combinados à embalagem. É possível partir de temas com origem na literatura (contos típicos de Natal), até temas influenciados pela perspectiva natalina vivida por outras culturas, de outros países.

Se pensarmos em um ideal de embalagem que atenda aos principais requisitos dos indivíduos hoje, diversos fatores podem sobressair, dependendo do tipo de negócio: simplicidade, inovação, impacto ambiental, interatividade, comunicação eficiente e outros.

Quais cuidados tomar?

Ao longo desse material, vimos que é importante a embalagem cativar o consumidor. Porém, mais do que belas, elas devem oferecer segurança e resistência para os produtos.

Observamos também que é possível tanto investir em personalização, quanto em customização dentro do tema natalino, mas as duas opções estão vinculadas às especificidades do produto. No entanto, presentes com embalagens inesquecíveis e marcantes ocasionam experiências positivas e recordações. Tudo isso beneficia a visibilidade do negócio e a percepção da marca.

Atenção especial às embalagens de alimento

No caso de alimentos, embalagens especiais geram ansiedade e expectativa sobre o conteúdo que há ali dentro. Ao mesmo tempo, se propõem a enfeitar a mesa de Natal. Mas vale lembrar que a embalagem deve conter a data de validade, certo? Quando o produto for comida, isso é imprescindível.

Em relação aos doces, cupcakes e panetones, quando embalados diferentemente do usual, eles devem manter a adequação necessária para o tipo de produto. Embalagens que contribuem com a conservação do produto cumprem um papel específico, portanto são embalagens funcionais. Esse fator certamente será lembrado pelo cliente.

Produtos com características distintas — direcionados para pessoas com restrição ao açúcar, à gordura ou que tenham alergias alimentares — devem comunicar essa distinção na embalagem. Alimentos feitos com ingredientes nobres também devem ser informados. A propósito, os formatos e tamanhos diferentes podem ser usados como forma de diferenciação.

Além da preocupação com o transporte, a manipulação dos produtos alimentícios tem de ser considerada. Se no Natal os produtos alimentícios acabam sendo uma opção de presente, faz todo o sentido que as embalagens escolhidas sejam pensadas priorizando a manutenção das propriedades do alimento, portanto, esses invólucros não podem se desgastar com a umidade, o calor ou o formato do próprio alimento.

As caixas para presentear contribuem com a ideia de mistério e surpresa em torno do produto, porém, essa nem sempre é uma necessidade do cliente. Por isso, vale contar com caixas que tenha tampas transparentes, se for o caso.

A missão de antecipar a surpresa

Atualmente, não basta que uma embalagem apenas contenha o produto. Existe também a missão de antecipar a surpresa, bem como entreter e fascinar: todo um cenário construído a partir da embalagem do produto.

A demanda dos consumidores muda com o tempo, nos dias atuais já se espera algo além de uma embalagem. Então, comunicar, informar, proporcionar experiências marcantes e ter uma proposta sustentável são os fatores pelos quais as empresas devem se pautar quando o assunto for embalar um produto.

Se o período em questão é o final do ano, as embalagens para Natal possuem toda uma gama de cores, ícones e personagens típicos, tudo para conquistar o cliente. Desde aplicações inusitadas de peças de vestuário — como gravatas, botões ou lenços —, até embalagens produzidas com materiais reutilizados, as possibilidades de confecção e caracterização são muitas, um universo a ser explorado.

Agora que você explorou todas essas dicas sobre embalagens para Natal, que tal conhecer melhor outros campos do assunto? Assine nossa newsletter e não perca nada!