Cuidar da gestão de negócios é, sem dúvidas, um dos maiores desafios para todos os empreendedores. Afinal, são diversos assuntos, informações e temas que devem ser acompanhados de perto pelo gestor para garantir o sucesso da sua empresa.

É preciso estar atento à gestão de pessoas, às questões financeiras, às tendências do mercado, aos investimentos de marketing entre uma série de outros aspectos que são fundamentais para o crescimento de uma marca.

Diante disso, é comum se sentir ansioso e preocupado com os rumos da empresa. Neste post vamos avaliar os principais assuntos que determinam uma boa gestão de negócios, com dicas preciosas que vão fazer toda a diferença em seu dia a dia. Acompanhe!

Gestão de pessoas

As pessoas são o principal ativo de uma organização. Contar com uma equipe competente, motivada e engajada aos objetivos da empresa é fundamental para que a marca continue sempre crescendo.

E, por isso, é extremamente importante fazer uma gestão de pessoas que seja acertada e bem-sucedida em todas as etapas: desde a contratação de colaboradores afinados com a empresa até a manutenção desses talentos.

Com algumas atitudes e posturas dentro da empresa é muito mais fácil acertar na gestão de pessoas. Veja as nossas dicas:

Conheça a sua equipe

A boa gestão de pessoas começa, necessariamente, com o conhecimento detalhado de quem é quem em um time. É muito importante que o gestor conheça os colaboradores da empresa, sendo capaz de identificar as suas habilidades, pontos fortes e as eventuais fraquezas.

A partir dessa visão, o gestor consegue organizar as tarefas e processos dentro da organização com muito mais eficiência, já que passa a ser possível utilizar o melhor de cada pessoa para o crescimento da empresa.

Confie no time

A confiança é um dos principais ingredientes que permitem ao gestor realizar um bom trabalho, e está totalmente vinculada ao conhecimento dos colaboradores. A partir da percepção das características de cada um, o gestor pode se sentir mais confiante para delegar tarefas e tornar a dinâmica de trabalho mais interessante.

Uma das grandes responsabilidades do gestor é formar um time que seja capacitado e preparado para os inúmeros desafios do mercado e isso só é possível quando a relação é fundamentada em confiança, para os dois lados. Mostre que os seus colaboradores podem confiar em você e esforce-se constantemente para confiar em cada um, dando autonomia para a realização de tarefas e salientando a importância do trabalho individual para os resultados da empresa.

Divida tarefas

Acompanhar todos os processos dentro da organização pode ser exaustivo: são muitas informações, detalhes, assuntos e questões para gerenciar, armazenar e solucionar. Por isso, é muito importante que o gestor tenha tempo para lidar com tudo isso.

Acumular tarefas é um erro que pode prejudicar bastante o rendimento da sua empresa. Por isso, aprenda a delegar, divida as tarefas do dia a dia e encontre mais tempo para desenvolver uma visão sistêmica do negócio, buscando avaliar o rendimento do time e identificando questões importantes que merecem atenção e, se necessário, mudanças.

Motive os colaboradores

Colaboradores motivados têm um impacto extremamente positivo nos resultados da organização. Afinal, são eles os responsáveis pela execução das tarefas e pela conquista dos objetivos.

Por isso, é muito importante estar atento às demandas e necessidades do seu time. Busque conhecer quais são os fatores importantes para a manutenção de sua motivação, ofereça boas condições de trabalho, reconheça a importância de cada um, defina junto metas e objetivos que possam dar maior sentido a atuação do seu time.

Não é segredo que a motivação está intimamente relacionada à produtividade, então, o desafio do gestor é oferecer o melhor para os seus colaboradores.

Dialogue

Em todos os relacionamentos, o diálogo é fundamental. Não seria diferente nos relacionamentos profissionais, quando a confiança e o bem-estar são indispensáveis para a execução adequada das tarefas.

Pensando nisso fica fácil compreender por que é essencial que um gestor dialogue sempre com as pessoas à sua volta. Faz toda a diferença para a equipe conhecer as ideias e objetivos de seu líder, entender o que ele espera de cada um, se sentir à vontade para compartilhar opiniões e sugestões.

Por isso, esteja aberto a conversar sempre com o seu time, mostrando o que pensa e incentivando cada um a fazer o mesmo.

Faça-se presente

Um gestor deve ser, além de tudo, um exemplo para o seu time. De nada adianta conhecer a empresa, tomar decisões acertadas e não estar presente no dia a dia do negócio, vivendo a rotina da empresa e se aproximando dos colaboradores.

Pode parecer uma questão muito subjetiva, mas a verdade é que quando os colaboradores percebem o envolvimento e a dedicação do seu líder, tendem a se portar de forma semelhante, se tornando cada vez mais alinhados aos objetivos da empresa. Portanto, faça-se presente!

Comemore as conquistas

Por fim, lembre-se sempre de comemorar as conquistas da empresa, desde as menores até as mais significativas. O dia a dia pode ser bastante intenso e desgastante e é justamente por isso que se fazem necessários alguns momentos de respiro, pausa e comemoração.

O trabalho precisa ser, também, uma fonte de realização e alegria para todos os envolvidos. E uma ótima forma de se alcançar isso é celebrando as vitórias, seja a meta alcançada em um mês, a conquista de um novo cliente, ou qualquer coisa que possa ser positiva para a empresa. O essencial aqui é que o time possa se unir e aproveitar bons momentos.

Gestão financeira

Uma das áreas que merecem maior atenção de um gestor é a financeira. São dezenas de informações e decisões que têm impacto direto no crescimento e consolidação da empresa.

Por isso, muitas vezes, o empreendedor precisa dedicar algum tempo para aprender os pontos essenciais do controle de finanças do novo negócio. É fundamental acompanhar de perto os investimentos, o caixa, e traçar objetivos financeiros que sejam alcançáveis e possam incentivar o crescimento da empresa.

Acompanhe quais são as áreas que merecem atenção extra e garanta o sucesso da sua gestão financeira:

Fluxo de caixa

Acompanhar o fluxo de caixa e ter uma noção realista dos valores que devem entrar a cada mês, bem como dos custos fixos e variáveis da empresa é fundamental para o seu bom funcionamento.

Afinal, é só a partir da compreensão da realidade financeira e da situação atual e futura do caixa que o gestor é capaz de planejar suas ações e estratégias de curto e longo prazo.

Contas a receber

Organizar e administrar bem as contas a receber pode ser um grande desafio. Em muitas empresas, os vendedores acabam aceitando fazer muitas vendas parceladas, com longos prazos de pagamento, para não perderem o negócio.

Entretanto, essa prática pode trazer uma ilusão de que a empresa está caminhando bem quando, na verdade, está com um grande déficit em seu caixa, o que pode trazer grandes problemas em curto prazo.

Por isso, o gestor deve manter um controle atento das contas a receber, instruindo toda a sua equipe sobre quais são as possibilidades de parcelamento que se adequam à necessidade da empresa e se organizando para não assumir compromissos financeiros que não possam ser honrados.

Investimentos na empresa

Para crescer, uma empresa precisa estar em constante amadurecimento. É necessário que os processos se tornem mais eficientes, o time mais especializado e preparado, os equipamentos cada vez mais modernos. E tudo isso demanda investimentos financeiros.

Portanto, o empreendedor deve sempre ter uma gestão financeira que seja focada nesse aspecto: é preciso gerir bem a receita e os gastos para garantir que haja capital disponível para ser reinvestido na própria empresa.

Orçamento anual

Uma boa estratégia de gestão financeira é trabalhar com a definição de um orçamento anual. Assim, o empreendedor consegue ter maior controle sobre os rumos do negócio, visualizando várias questões, como se as metas estão sendo alcançadas, se haverá verba disponível para a compra de um equipamento, entre diversos outros fatores.

Trabalhar com um orçamento anual predeterminado é uma forma de trazer mais segurança para a gestão, evitando que gastos desnecessários sejam feitos por falta de planejamento.

Objetivos financeiros

A gestão de um negócio envolve sempre a definição dos principais objetivos daquela empresa e isso é válido, também, para a área financeira. O empreendedor deve ter clareza sobre os seus objetivos relacionados ao tema, focando no curto e no longo prazo.

Por exemplo, em determinado ano, o principal objetivo da empresa pode ser aumentar o capital de giro, para operar com mais tranquilidade. Em outra situação, pode focar em conquistar mais clientes, mesmo que signifique uma pequena redução no lucro. Enfim, o importante aqui é que o gestor tenha objetivos bem claros e trabalhe constantemente para alcançá-los.

Tendências de marketing

O sucesso de uma empresa está relacionado, em grande medida, ao reconhecimento e à admiração do público. Afinal, é impossível sobreviver no mercado sem clientes, não é mesmo?

E é justamente por isso que o marketing é uma ferramenta de gestão tão importante, já que permite que a marca ganhe força e seja conhecida e bem avaliada por um número cada vez maior de pessoas, através de um bom posicionamento de marca.

Pensando assim, é fundamental que o empreendedor invista parte da sua energia e conhecimento para acompanhar as tendências de marketing e implementar aquelas que mais se adequem ao contexto e às necessidades da empresa.

Acompanhe aqui quais são as tendências de marketing mais atuais e promissoras do mercado.

Relacionamento

Os dias atuais têm exigido cada vez mais das pessoas: o volume de trabalho e compromissos é intenso, falta tempo para realizar atividades de lazer e relaxamento. Diante de tudo isso, as marcas não podem, em hipótese alguma, se tornarem mais um peso na rotina de seus clientes.

É preciso investir na construção de relacionamentos que sejam interessantes para ambas as partes, que agreguem valor na rotina do cliente. Esforce-se sempre para não ser uma marca invasiva, desinteressante ou que não respeita os limites da privacidade do seu cliente.

Marketing efêmero

Hoje em dia é impossível pensar em marketing sem pensar na internet. E para se dar bem nessa área, é indispensável que o gestor acompanhe quais são as tendências e o que vem funcionando online.

Vale citar, por exemplo, a utilização do chamado marketing efêmero, que usa plataformas onde a informação fica disponível por tempo limitado para os usuários, como o aplicativo Snapchat e as stories do Instagram ou Facebook.

O consumo de informação nessas plataformas é cada vez maior e cabe à empresa encontrar a linguagem e a abordagem certa para o seu negócio, se transformando em referência e despertando o interesse do consumidor.

Integração de mídias

Ainda sobre o tema internet, é preciso pensar também que as interfaces de contato do cliente com a empresa são cada vez mais numerosas. As pessoas acessam a rede de seus smartphones, dos computadores de trabalho, dos tablets e até mesmo da televisão.

É necessário que a empresa se organize para ter uma imagem coerente e integrada nas mais diversas mídias e redes sociais, aumentando a sua presença e fortalecendo a marca, nas mais diversas interações com os seus públicos.

Inbound Marketing

Uma das tendências mais poderosas dos dias atuais tem a ver com uma mudança no papel do marketing. Se até algum tempo atrás essa ferramenta servia apenas para informar os consumidores sobre a existência e os diferenciais de uma marca, o Inbound marketing aparece para mudar essa relação.

Em um mercado cada vez mais competitivo, os clientes têm buscado marcas com as quais se identificam e que oferecem algum valor para o seu dia a dia. Assim, saem na frente aquelas marcas que oferecem conteúdos interessantes, informações relevantes e que deixam de se preocupar apenas com a divulgação incessante dos seus produtos ou serviços.

A lógica é bem simples: a empresa aproxima o cliente, fortalece o relacionamento, se torna útil e valorizada. A partir de então, o caminho para o consumo é muito mais fácil e natural. O Inbound pode ser feito através de blogs, newsletters, e-books e uma série de outras possibilidades que devem ser exploradas de acordo com os objetivos da empresa.

Como fidelizar clientes?

Os clientes são um dos bens mais importantes de todo negócio, já que são eles que movimentam a empresa, fazendo com que o crescimento seja possível. Por isso, é indispensável que a marca adote estratégias para fidelizar os seus clientes.

Tendo em mente que conquistar um novo cliente demanda muito mais investimento e energia do que manter um cliente fiel a uma marca, investir na satisfação daquelas pessoas e empresas que já conhecem o seu produto e serviço é fundamental.

Vale lembrar, também, que um cliente satisfeito é um importante representante da marca, atuando na divulgação do serviço como um embaixador. Por isso, cuide bem de cada comprador!

Conhecimento

Fidelizar o cliente, passa, necessariamente, pelo processo de encantá-lo ao oferecer um produto ou serviço que ele precisa, com qualidade em todas as etapas.

E isso só pode ser feito a partir do momento em que a empresa conhece os seus clientes: quais são as suas necessidades, as suas preferências e expectativas? Responder a esses questionamentos é fundamental para adaptar os seus produtos e serviços, o estilo de atendimento e até mesmo o preço.

Por isso, não deixe o seu cliente ser um desconhecido para a empresa. Dialogue, pesquise, avalie e, a partir de então, mude o que for necessário para deixá-lo cada vez mais satisfeito.

Experiência de consumo

Lembre-se sempre de que o seu cliente pode encontrar o seu serviço ou produto também em empresas concorrentes. Por isso, é preciso investir em diferenciação, permitindo que o cliente percebe quais são as razões para escolher a sua marca.

E, nesse cenário, construir uma experiência de consumo única e inesquecível pode fazer toda a diferença. É preciso pensar nos detalhes: na qualidade e beleza das embalagens, no atendimento, na facilidade de se encontrar o que procura dentro do seu estabelecimento, no preço competitivo, entre tantos outros fatores.

Relacionar-se com a sua marca deve ser uma experiência fácil e agradável para o cliente e este é um caminho simples e eficaz para fidelizá-lo.

Pós-venda

O relacionamento com o cliente não acaba quando a compra é concluída. A fidelização demanda um investimento na construção de um relacionamento duradouro e isso inclui, então, a preocupação com a satisfação do cliente após a compra.

Criar um bom programa de pós-vendas é uma poderosa estratégia que pode auxiliar os gestores na fidelização de clientes. Através dele, é possível ouvir o seu principal público, obtendo informações relevantes sobre a experiência de compra, os pontos fortes da marca e aquilo que precisa ser alterado para deixar o cliente ainda mais satisfeito

O perfil do gestor de negócios

Um empreendedor é aquela pessoa que acredita em um novo negócio, e toma as atitudes necessárias para que esse plano se transforme em realidade.

Já discutimos que é uma função muito desafiadora, que demanda envolvimento e muito trabalho. Mas, além disso, o perfil de gestor de negócios demanda algumas características e habilidades importantes, que podem ser determinantes para os rumos da empresa.

Em outras palavras, não basta querer que dê certo: é importante se dedicar e estar disposto a ser um profissional cada vez melhor.

Criatividade

Encontrar soluções criativas e surpreendentes faz parte da rotina de um gestor. É comum que, algumas vezes, as coisas aconteçam de forma diferente daquilo que foi planejado e é muito importante que o gestor consiga pensar fora da caixa, adequando a sua postura ao que a empresa mais necessita.

Um gestor criativo é aquele que está em busca constante por novidades, que se abre para novas ideias e que se esforçar para encontrar novas formas e processos para a empresa.

Exercitar a criatividade, portanto, deve ser uma preocupação constante. Vale ler bastante, ouvir música, desenhar ou pintar, qualquer atividade que seja prazerosa e, ao mesmo tempo, estimule os processos criativos.

Autoconfiança

Como já mencionamos algumas vezes, gerir um negócio é uma atividade desafiadora, que demanda bastante jogo de cintura e competência do profissional, que invariavelmente vai precisar lidar com alguns imprevistos e problemas ao longo do percurso.

E é por essa razão que a autoconfiança é fundamental. É necessário se sentir seguro para ocupar o espaço de empreendedor e gestor de um negócio, estando confiante de suas habilidades e pontos fortes e trazendo tudo isso para o processo de gestão, que só tem a ganhar

Espírito de liderança

Um empreendedor deve ser também um líder. Isso significa que deve ser uma pessoa inspiradora, capaz de motivar a equipe e de incitar os comportamentos fundamentais para o crescimento da empresa: engajamento, perfeccionismo, desenvolvimento profissional.

O espírito de liderança tem a ver com a habilidade para lidar com as pessoas, apresentando a missão e os objetivos da empresa, inspirando a equipe e obtendo o melhor desempenho de cada um.

Planejamento

Todo gestor deve ter habilidade de planejar os passos de criação, desenvolvimento e consolidação de uma empresa. O planejamento estratégico é uma das etapas mais importantes de um negócio e em grande medida, está relacionado às escolhas do empreendedor por trás daquela aposta.

Por isso, é preciso controlar a ansiedade e a vontade super normal de ver tudo funcionando em tempo mínimo. O empreendedor deve se organizar, planejar cada passo, traçar metas e objetivos bem definidos, e ir acompanhando as fases de maturação do negócio.

Não tenha dúvidas: a habilidade de pensar em curto, médio e longo prazo é determinante no momento de tomar as decisões mais importantes da sua empresa.

A gestão de negócios é uma das funções mais estratégicas dentro da empresa. É preciso estar envolvido com os objetivos da organização, e ter um plano de metas e objetivos bem determinados, que vão guiar o gestor em cada decisão.

Além disso, a boa gestão de negócios demanda a participação ativa do time de colaboradores e estratégias acertadas de marketing e fidelização de clientes. Agora que você já conhece os principais caminhos e ferramentas para alcançar o sucesso em cada uma das etapas, é só correr para o abraço e aproveitar o crescimento e a consolidação de uma empresa e de um profissional cada vez mais bem preparados. E não deixe de compartilhar a sua experiência conosco no espaço de comentários!