O mundo está cada vez mais dinâmico. Com a dominância das mídias digitais, as imagens ganham cada vez mais força. A presença das empresas em diversos canais exige uma forte estruturação visual. Da embalagem até a postagem no Facebook: tudo deve estar interligado.

Esta coerência é essencial para a construção de uma identidade forte e representativa, que atraia clientes e gere engajamento. Investir em comunicação visual é um processo que leva algum tempo para apresentar resultados, pois exige diversas frentes de ação.

Mas, fique tranquilo: é mais fácil do que parece. Para ajudar a conhecer um pouco mais sobre este universo e como fazer a sua empresa se destacar, preparamos este post com dicas práticas para guiar você nesta jornada. Vamos conferir?

1. Conheça o seu público-alvo

O primeiro passo para desenvolver qualquer ação de comunicação visual é definir a sua buyer persona. Esta “pessoa”, que possui as principais características do seu público-alvo, servirá como uma meta a ser conquistada.

É para ela que devem ser direcionadas as estratégias. Seus gostos, hábitos, desejos e estilo de vida vão influenciar na maneira como a comunicação visual se mostrará. Esta fase é essencial e pode definir o sucesso ou fracasso.

Para chegar a esta definição, você contar com pesquisas prontas que algumas instituições, como o SEBRAE, costumam oferecer ou fazer a sua própria. Através da observação dos concorrentes, conversa com potenciais clientes ou análise do seu banco de cadastro, é possível conseguir informações preciosas.

2. Crie ou revise seu logotipo

Um dos primeiros itens a ser analisado na estruturação da comunicação visual é o logotipo. Ele é um dos principais elementos de construção da marca e servirá como base para o desenvolvimento de todas as outras peças.

As cores e formas escolhidas devem representar a essência da sua empresa, o setor de atuação e as características da persona. É importante que o desenho seja simples, claro e de fácil aplicação.

É esta qualidade que irá garantir um padrão de reprodução do seu logotipo nas diversas mídias: impressos, adesivos, sinalização e internet, por exemplo. Isso é fundamental para que seu cliente reconheça que a marca que está na embalagem do produto é a mesma que aparece no outdoor.

3. Fortaleça a identidade visual

O conjunto de formas, cores, símbolos e letras utilizadas na comunicação é o que forma a identidade visual de uma marca. Esta construção deve ser sólida e coerente, pois influenciará diretamente a imagem que o consumidor tem da empresa.

Uma identidade forte transmite a sensação de competência, seriedade e profissionalismo. Por isso, investir na criação de peças de qualidade e controlar a aplicação em todas as mídias é essencial para a imagem da empresa.

4. Aposte na comunicação de PDV

O ponto de venda é uma parte da comunicação que exige cuidado especial. A maioria das decisões de compra acontecem diretamente nele. Em meio a tantas ofertas, seu produto precisa se destacar, atrair o cliente e convencê-lo.

Analise as características do seu mercado e os concorrentes. Dependendo do ramo de atuação, algumas estratégias são mais eficientes que outras. Para uma marca de lingerie, displays são uma ótima opção. Já as empresas de material de construção pedem uma comunicação mais agressiva, com banners e adesivos de chão, por exemplo.

Se a sua empresa possui loja própria, o cuidado deve ser ainda maior. Fachada, vitrine, sacolas e sinalização interna, por exemplo, precisam ser atraentes e objetivos.

5. Invista em embalagens

A embalagem faz parte deste conjunto visual do PDV. Entretanto, a importância dela vai muito mais além: ela é responsável pela proteção e preservação das características do produto.

Ao iniciar um projeto de desenvolvimento de embalagem é preciso considerar, também, que ela é parte importante da formação de preço. Seu custo, algumas vezes, é maior que o do próprio produto! Interessante, não é?

O material e formato escolhido para sua embalagem deve levar em conta as necessidades técnicas, a legislação e a facilidade de transporte e manuseio. Já o layout é parte da estratégia de comunicação visual.

É comum que se crie um logotipo específico para cada produto. Ele deve destacar suas características específicas, sem deixar de estar em harmonia com a identidade visual da empresa.

As cores escolhidas para a embalagem também precisam ser coerentes com a comunicação do PDV. Você consegue imaginar uma ilha de divulgação da Coca-Cola no supermercado toda em amarelo?

6. Monitore sua presença online

A comunicação visual era focada em impressos e televisão. Entretanto, com a popularização da internet, a presença da marca no mundo virtual pede especial atenção.

As estratégias de marketing digital contam com diversas peças. Blogs, mídias sociais, newsletters e site são ricos em cores e imagens. Elas devem seguir o padrão definido na identidade visual

É preciso manter especial controle de como a empresa se apresenta online. Como as postagens e interações costumam ser frequentes e rápidas, fica mais fácil cometer algum deslize.

7. Contrate profissionais qualificados

Todo seu esforço pode ser em vão se você não contar com profissionais capacitados para desenvolver e executar as estratégias da comunicação visual. São eles que vão garantir que cada peça saia exatamente como deveria.

Um conteúdo para blog mal construído não vai gerar o engajamento necessário, assim como um banner mal impresso vai prejudicar a imagem da empresa. É fácil entender, certo?

Por isso, fique atento! Procure por referências e pesquise a reputação dos seus fornecedores. Assim, você garante que seu esforço e investimentos tenham os resultados desejados.

A construção da identidade da marca e da comunicação visual é um processo longo e constante. É preciso estar sempre alerta, manter o controle do que está sendo feito e analisar os resultados.

Este caminho não é linear! Sempre que algum desvio for identificado, deve-se voltar às etapas de planejamento e rever as estratégias. Só assim é possível manter o foco e guiar as ações para alcançar as metas e objetivos determinados.

Seguindo essas ações fica muito mais fácil construir uma comunicação visual que irá atrair clientes, fortalecer a sua marca e ajudar na fidelização. Ficou com alguma dúvida ou tem mais alguma dica? Compartilhe conosco nos comentários!