Por que é tão importante escolher a embalagem para varejo? Bem, antes de qualquer coisa, é preciso entender que é ela que contém e que mantém o produto protegido. Porém, embora essa seja a sua função primária, existe um atributo que, muitas vezes, passa despercebido. A resposta é: o marketing.

Atualmente, com o mercado tão disputado, garantir um bom produto a um preço competitivo não é mais o suficiente. É preciso desenvolver alguma estratégia para atrair o público. Nesse sentido, a embalagem tem se mostrado cada vez mais importante para proteger uma marca contra concorrentes, uma vez que é ela que vai entregar o produto final ao cliente, levando a identidade do que a empresa oferece.

Logo, a experiência de marca pela embalagem é sempre um grande diferencial a ser considerado, pois é uma poderosa ferramenta de marketing. Quer saber o que você precisa avaliar ao escolher uma embalagem para o seu varejo? Confira agora mesmo!

Considere a identificação com o público

O passo inicial é a identificação do tipo de cliente que você vai atender. Procure saber sobre os seus interesses e expectativas para desenvolver um visual que consiga cativar.

Imagine que o seu público está buscando algo mais refinado, logo, o ideal é investir em materiais nobres que acompanhem a ideia do produto vendido. Nesse mesmo pensamento, não é interessante produzir um modelo muito nobre se os clientes não estiverem preocupados com sofisticação e com tradição.

O mais indicado é fazer um mapeamento dos clientes que precisam ser atingidos e desenvolver um modelo capaz de captar a atenção e de instigá-los a conhecer a sua marca.

Aposte na sustentabilidade

A sustentabilidade tem sido um tema cada vez mais em debate no mundo do empreendedorismo. Portanto, por que não levá-la em consideração no momento de criar a embalagem perfeita para varejo?

Não se esqueça de que investir em materiais sustentáveis é uma forma de promover a ideia de preocupação social, natural e econômica, além de ser um dos grandes influenciadores na hora de um consumidor decidir por qual produto comprar.

Sendo assim, além de melhorar a imagem da sua empresa com o público, o marketing boca a boca ajuda muito a difundir os seus produtos no mercado. Materiais recicláveis, preços acessíveis e a preocupação com questões atuais são fatores que vão posicionar bem a sua marca.

Considere tamanho e manuseio

É preciso falar sobre o tamanho. A ideia aqui é a seguinte: não é recomendado deixar muito espaço entre produto e embalagem. Visando seguir essa dica, pode ser preciso encomendar várias medidas, ou então buscar soluções para adaptar as embalagens ao tamanho das mercadorias.

Além disso, esse cuidado também é relevante para a proteção do produto, especialmente para os itens mais frágeis. No caminho da entrega, os responsáveis pela operação nem sempre vão ter o cuidado que deveriam com o manuseio.

Dessa forma, se você deixar um espaço muito grande no interior da embalagem, é bem provável que os produtos vão ser danificados por não estarem fixos. Além disso, de nada vai adiantar ter um recipiente grande se ele não condiz com o produto, assim como não faz sentido ter um recipiente pequeno que não vai despertar a vontade dos clientes em conhecer a sua marca.

Então, o ideal é fazer uma ponderação do tamanho, comparando com as mercadorias. Lembrando que a embalagem precisa ser inovadora e prática para os clientes. Para tanto, analise a flexibilidade e a capacidade para atender às expectativas e às necessidades da empresa e dos consumidores.

Siga as normas técnicas

É preciso que o acondicionamento siga as normas estabelecidas em lei. Muitas vezes, a falta de conhecimento pode prejudicar a produção correta. Sendo assim, conte com uma empresa especializada para auxiliar você a seguir todas as obrigações legais de materiais, validade, contraindicações e composição.

Assim, é possível evitar o retrabalho do desenvolvimento de outra embalagem por erros que poderiam ser facilmente evitados com a consultoria de profissionais especialistas no assunto.

Não abra mão da segurança

A segurança é extremamente importante, sendo considerada o objetivo principal das embalagens. Nesse sentido, é necessário garantir que os produtos chegarão em bom estado para os clientes. Afinal, não adianta muito investir tanto em beleza, se a mercadoria chegar com defeitos para o cliente.

Sobre isso, o primeiro passo é conhecer a mercadoria. Para exemplificar, pense no setor da moda. Quando se fala de roupas, o cuidado deve ser para que os consumidores não as recebam amassadas.

Logo, aqui é preciso que você analise os diferentes tipos de embalagem, sempre com o propósito de proporcionar “conforto” para os produtos. Uma dica é sempre testar os produtos e as formas existentes e, quando necessário, fazer uso de isopores, envelopes de plásticos, espuma etc.

Trabalhe a criatividade

Uma das dicas mais relevantes para qualquer tema de empreendedorismo é pensar fora da caixa. Evite as mesmices e tente surpreender os seus consumidores com formatos, cores e materiais inovadores. Projete uma embalagem que seja única e extremamente prática, que consiga chamar a atenção e instigar o interesse do público.

Um grande erro é não dar a devida importância para essa incrível ferramenta de marketing. Um investimento barato e capaz de proporcionar identidade para a marca merece toda atenção e criatividade para entregar uma imagem boa aos clientes.

E, claro, não podemos deixar de falar sobre a importância da personalização. Afinal de contas, de nada adianta desenvolver uma excelente embalagem se a sua marca não estiver presente.

Então, não deixe de personalizar as embalagens com o logotipo da empresa, de preferência em um local onde ele possa ser bem visível. Você se lembra do que falamos logo no início do texto, sobre o destaque da marca entre as concorrências? Então, essa simples ação faz parte desse processo.

Além disso, não deixe de aproveitar a “magia” do momento em que o cliente recebe o produto para se comunicar com ele: uma simples mensagem de agradecimento pode ser um grande diferencial. As embalagens podem contribuir significativamente para levar a essência da marca ao público. Enfim, o cuidado com esses detalhes certamente vai passar uma ótima impressão do seu negócio.

Concluindo, também não poderíamos deixar de mencionar a respeito da relevância da embalagem para o marketing. Ao embalar os produtos, aproveite o momento para fazer a mala direta física, uma estratégia muito usada por grandes lojas, como Passarela e Americanas, por exemplo.

Tenha certeza de que a comunicação feita nas embalagens sempre vai ser vista pelo cliente, diferentemente de outras opções. Lembre-se de que as atualizações das redes sociais ou do blog, por exemplo, atingem apenas uma parcela pequena dos compradores e que o e-mail marketing pode ir diretamente para o spam. Então, aproveite e comunique-se com o seu consumidor a partir da sua embalagem para varejo.

Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas para as embalagens. Caso você tenha interesse em conhecer as nossas possibilidades de personalizações e garantir valor para a sua marca, entre em contato conosco! Será um prazer poder ajudar!