Ter uma boa imagem no mercado é essencial para que qualquer empresa consiga alcançar o sucesso. A criação de identidade visual com qualidade e foco oferece uma ajuda fundamental nessa construção.

Mais do que uma simples questão estética, a identidade garante que a marca tenha o reconhecimento dos clientes. Assim, a reputação da empresa vai se consolidando, as vendas aumentam e os resultados aparecem.

Para te ajudar na tarefa de criar uma identidade visual eficiente, preparamos este post com 10 passos que guiarão o seu caminho. Confira!

1. Invista no autoconhecimento

Antes de qualquer coisa, é preciso conhecer o seu negócio. Saber quais os objetivos da empresa, sua cultura e características é o ponto de partida para a construção de qualquer identidade visual.

Uma dica é montar um pequeno histórico. Converse com profissionais de diversos setores, organize informações sobre o início da empresa e prepare um perfil. Essas informações serão úteis para os profissionais que criarão a sua identidade visual.

2. Conheça o seu cliente

Ainda na fase de planejamento, é preciso conhecer as pessoas que compram seus produtos ou serviços. Qual é seu estilo? Que tipo de profissão elas têm? O que buscam na sua empresa?

Toda a comunicação deve ser voltada para atingir o seu público-alvo. Logo, conhecê-lo a fundo é essencial. Além de analisar os dados que você já possui, pesquisas de mercado podem ser úteis neste momento.

Dados fornecidos por instituições como o SEBRAE e o IBGE ajudam a entender o perfil de renda, localização e preferências dos seus clientes.

3. Analise o mercado

Alguns setores possuem uma cultura visual muito forte. Padrões de cores e fontes se repetem, tornando claro o estilo seguido. A maioria das clínicas de estética, por exemplo, apostam no padrão de tons claros e formas suaves.

Destacar-se nesse meio é essencial. Porém, investir em uma identidade visual oposta ao que o mercado já reconhece pode gerar estranhamento. Assim, é preciso analisar cuidadosamente o cenário em busca da melhor solução.

Faça uma lista das principais empresas concorrentes e reúna o material de comunicação que elas disponibilizam. A comparação entre essas peças ajuda a entender qual é a cultura visual do seu segmento de atuação.

4. Deixe o seu gosto de lado

Claro que você quer que sua empresa tenha uma identidade visual bonita. O problema é que o conceito de beleza varia muito para cada pessoa. Nem sempre o responsável pela empresa tem o mesmo perfil do público-alvo. O presidente de uma confecção de roupas para gestantes não é a pessoa a ser agradada pela comunicação, concorda?

Por isso, lembre-se sempre de deixar o seu gosto individual de lado. As escolhas de estilos, cores e formas não são aleatórias: elas têm um objetivo a cumprir!

5. Crie um logotipo

Este talvez seja o item mais emblemático da sua identidade visual. É o logotipo que estampará com destaque todas as peças desenvolvidas.

Um bom logo deve ser simples e de fácil aplicação. Quanto mais complexo ele for, mais difícil fica manter o padrão nas diversas mídias usadas na comunicação empresarial. Além disso, os clientes devem conseguir identificar facilmente o nome da empresa e a área de atuação. Essa clareza colabora na solidificação da identidade visual criada.

6. Considere todos os aspectos envolvidos

Por mais que o logo seja importante, ele não deve ser o único alvo de atenção. A criação de identidade visual engloba diversos aspectos da comunicação empresarial. Das sacolas personalizadas, uniformes e embalagens até a presença nas redes sociais, tudo deve ser construído dentro do mesmo padrão, buscando uma unidade.

A definição de uma cartela de cores é outro passo importante para a comunicação visual. Todas as peças construídas devem estar alinhadas a essa padronagem.

7. Faça um manual da criação de identidade visual

Após analisar, projetar e desenvolver todas as peças, é preciso criar um registro. O manual de identidade visual é um documento que reúne todas as informações sobre a sua marca. Nele, são detalhadas as cores que podem ser utilizadas, as fontes, as regras para a aplicação do logo e muitas outras definições.

O manual serve como um guia para qualquer novo desenvolvimento de comunicação visual que vier a acontecer. Impresso ou em meio digital, ele deve ser enviado a qualquer profissional que for trabalhar na sua marca.

8. Conte com profissionais capacitados

Somente profissionais capacitados desenvolverão um trabalho de qualidade. Do designer gráfico ao instalador da fachada, todos devem ser escolhidos por sua habilidade técnica.

Uma embalagem mal impressa, uma foto de baixa qualidade ou um logo confuso prejudicam a imagem da empresa. Essas falhas podem colocar em risco todo o investimento aplicado no projeto.

9. Divulgue a sua marca

Depois de tudo pronto, conferido e produzido, não deixe de divulgar a sua marca. As estratégias de marketing e publicidade farão com que sua empresa se torne conhecida.

É a divulgação, aliada à qualidade dos produtos e serviços, que proporcionará a construção de uma reputação positiva para o seu negócio. Procure alternativas compatíveis com a sua realidade financeira e com o perfil dos clientes. Lembre-se: não é preciso investir fortunas para ter a sua marca reconhecida no mercado!

10. Monitore frequentemente

Não dá para negar o poder da identidade visual, e este processo constante deve ser sempre monitorado. Verifique frequentemente se os novos lotes de impressão estão dentro do padrão de cores. Confira se as peças de fachada e sinalização interna não estão danificadas. Esses cuidados garantem que a qualidade do trabalho realizado será sempre mantida.

Além disso, mudanças no mercado, na empresa e no perfil dos clientes podem ser indicativos da necessidade de uma renovação do projeto de identidade. 

Esses 10 passos servem como guia para a criação e manutenção de uma identidade visual eficiente. Investir nesta construção é uma ação inteligente, que traz muitos resultados positivos para as empresas.

A identidade visual é essencial para o destaque da sua marca entre os concorrentes. É ela que faz a ligação entre todos os aspectos do seu negócio, criando uma imagem de profissionalismo, eficiência e excelência profissional.

Compartilhe este post nas suas redes sociais e incentive seus colegas a valorizarem a criação de identidade visual para o seu negócio!