Uma embalagem é apenas uma embalagem, certo? O que está dentro dela é que realmente importa. Se você, como proprietário de uma empresa, pensa dessa forma, está se preparando para falhar.

Escolher a embalagem do produto com cuidado é muito importante e influencia diretamente as decisões do consumidor — mais do que se imagina. Ela pode passar inúmeras mensagens, desde o que a mercadoria faz pelos seus clientes até os valores de uma marca.

Alguns diriam que as embalagens são tão importantes quanto o produto em si, por se tratar de ferramentas de marketing cruciais para o negócio. Entenda, então, por que é tão importante fazer a escolha certa:

Escolher a embalagem do produto adequadamente ajuda a marca a se destacar

Existem inúmeros produtos no mercado competindo pela atenção de seus clientes. E, de acordo com a Business Insider, as primeiras impressões são, geralmente, obtidas dentro de 7 segundos.

Isso significa que pelo menos parte da tomada de decisão de um consumidor é baseada única e exclusivamente na embalagem de seus produtos. Portanto, para se ter sucesso, esse item deve se destacar entre os demais.

Mesmo quando o item é essencial, uma boa aparência é o que convence o cliente

Ainda que você tenha criado um produto útil, convencer os clientes a adquiri-lo, muitas vezes, se resume à maneira como ele se apresenta nas prateleiras. A sua empresa é representada pela embalagem da mercadoria — ela é, portanto, a responsável por representar a promessa de uma marca para o público.

O empacotamento é frequentemente a característica mais importante na hora de atrair um consumidor em potencial e o influencia subconscientemente. Não se esqueça disso quando chegar a hora de escolher esse importante item.

A embalagem certa vai garantir a conservação e facilitar o transporte do seu produto

Por mais que atrair consumidores seja uma das funções importantes da embalagem do produto, ela não é a única razão para investir atenção especial nessa etapa. Há considerações logísticas e financeiras envolvidas.

Elas variam se o produto é transportado por caminhão, fica exposto à luz do sol ou deve ser protegido da umidade. Um design de embalagens eficiente pode significar economia para sua empresa em termos logísticos e garantir a durabilidade dos bens que você vende.

Trata-se de uma ferramenta de marketing que não deve ser desperdiçada

Armazenar produtos costuma ser o objetivo secundário do empreendedor ao pensar em desenvolver uma embalagem. Isso porque se trata de uma importante ferramenta de marketing, que não pode ser desperdiçada. Um invólucro é criado para vender uma peça.

Os consumidores são cautelosos e querem saber mais sobre os produtos que estão adquirindo. Se é a primeira vez que o veem na prateleira, a única oportunidade que sua marca tem de transmitir esse conhecimento é pelo design da caixinha. Seu cliente deve saber o que é a mercadoria, como fazê-la funcionar e por qual motivo comprá-la.

A embalagem é, geralmente, o primeiro contato entre a sua marca e o mercado

Exatamente porque uma embalagem é o cartão de visitas de seu produto, ela pode ser responsável por fechar (ou não) uma venda. A maioria dos consumidores vai olhar o item por menos de 7 segundos — por isso, é importante convencê-los em um curto intervalo de tempo.

Se a aparência de sua mercadoria conseguir tirar o máximo de proveito desse tempo inicial para explicar seus atributos, o cliente em potencial pode fazer uma análise mais detalhada (e, quem sabe, até mesmo uma aquisição!). Se ela não transmitir com êxito essas informações, entretanto, o freguês vai embora.

A embalagem ideal é muito mais do que apenas um invólucro

O supermercado médio tem milhares de itens diferentes. Por isso, embalagens precisam ser extremamente bem feitas para conseguir se destacar em meio a tantas outras. Se quiser que seu produto venda a si mesmo, considere as dicas a seguir na criação dos recipientes:

Priorize clareza e simplicidade

Uma embalagem precisa responder às seguintes perguntas:

  • Para que serve este produto?
  • Qual marca está por trás disso?

Na próxima vez em que estiver no mercado, procure observar os invólucros levando em consideração essa informação. Você vai se surpreender com o tanto que é difícil encontrar as respostas para essas perguntas em menos de 7 segundos.

Não cometa o mesmo erro em suas embalagens. Não identificar o produto, o uso ou a marca são erros de design que a sua empresa não quer cometer. Priorize clareza e simplicidade em seus layouts.

Busque autenticidade

A originalidade está no coração dos grandes projetos de embalagem (e não é difícil entender o motivo). Com tantas opções por aí, competindo pela nossa atenção, a única maneira de diferenciar sua marca é sendo diferente e autêntico.

Não existe uma fórmula mágica para a autenticidade. Mas, se você está preso a um design de aparência genérica, tente fazer diferente dos concorrentes.

Se todos usam fotos, tente adotar uma ilustração. Caso predominem layouts verticais, busque um invólucro horizontal. Seja corajoso, diferente e observe outras categorias de produto para encontrar inspiração.

Encontre a identidade da sua marca

Um conceito de design de embalagens deve permitir a fácil introdução de uma nova extensão de linha (ou submarca). Imagine que você venda cervejas artesanais e opte por um design incrível para suas novas garrafas.

Mas, alguns meses depois disso, decide investir no lançamento de um novo sabor. Se o conceito inicial de design que você criou não funciona para a nova mercadoria, sua marca tem um problema automático de extensibilidade.

Para evitar isso, projete as embalagens daquilo que comercializa sempre com o futuro em mente. Crie projetos sistemáticos, que permitam mudanças simples de informações para a criação de uma família de produtos.

Encontre a identidade da sua empresa e reforce isso em todas as linhas que vende. Assim, quando lançar novos itens, será fácil se apropriar da credibilidade dos sucessos anteriores.

Tenha sempre em mente que escolher a embalagem do produto é crucial para que sua marca consiga ser bem-sucedida. Após a leitura deste artigo, você já sabe quais são os motivos, não é mesmo?

Gostou do conteúdo? Aproveite e assine a nossa newsletter  para receber em primeira mão todas as novidades do blog!