Posicionamento de marca: por que ele é importante para sua empresa?

Criar uma marca forte e de sucesso exige mais do que um bom logotipo ou um nome de impacto. É preciso construir toda a estrutura e, inclusive, levar em consideração as pessoas mais importantes: os clientes. Dentro desse cenário, o posicionamento de marca é um dos elementos mais importantes.

Mesmo assim, muitos empreendedores ainda não sabem exatamente do que se trata o processo de estabelecer um lugar a ser ocupado pela empresa no mercado. Por outro lado, as organizações que aproveitam esse fator saem na frente das demais e conseguem se tornar mais robustas e reconhecidas.

Quer saber como? Veja o que é esse tal posicionamento de marca e descubra por que ele é tão importante para o seu negócio:

O que é o posicionamento de marca?

O posicionamento de marca é construído por uma empresa em relação ao seu público de modo a estabelecer e melhorar a sua percepção. É por meio do posicionamento que o negócio passa a ocupar um determinado lugar dentro do mercado — e, a partir daí, a ser percebido pelos clientes.

Esse item, por conseguinte, é responsável por gerar uma determinada percepção nos consumidores. Em geral, isso é conseguido por meio da diferenciação do empreendimento, ocupando um espaço que ainda não é aproveitado pelos seus concorrentes.

Por que isso é importante?

O posicionamento pode até parecer supérfluo, mas a verdade é que essa é uma ação indispensável para o sucesso e para a consistência de atuação de um determinado empreendimento.

Ele influencia diretamente os resultados a obter pela empresa e apresenta diversos pontos que justificam sua importância, como:

Influencia a percepção de marca

Dependendo do posicionamento adotado, a marca será percebida de uma ou de outra forma. Imagine, por exemplo, que um determinado negócio é o segundo mais vendido do país.

Se tentar bater o líder, sem sucesso, a marca vai sair como a opção perdedora da “disputa” pelo cliente. Já se o posicionamento for para se colocar como a segunda melhor opção e a primeira mais acessível, a percepção muda e o negócio ganha uma visão mais positiva a respeito do que oferece ao mercado.

Quanto melhor for essa imagem transmitida e processada pelos consumidores, melhor é a sensação positiva — confiável, inovadora e assim por diante — que alcança quem é responsável pela compra.

Afeta diretamente o crescimento

Se esse elemento de posição dentro do mercado não for selecionado corretamente, a sua marca vai ter dificuldade em captar e converter novos clientes.

Se tudo for feito da forma correta, é viável fixá-la na mente dos consumidores, aumentando o poder de convencimento.

Ao destacar-se, também é mais fácil ser considerado como a melhor opção, o que leva ao aumento das vendas e ao crescimento em geral.

Determina o direcionamento da empresa

A forma como uma organização deseja ser vista é um dos fatores principais de como ela age. A depender do posicionamento, a organização vai colocar em prática um determinado conjunto de valores.

Isso influencia não apenas a maneira como o empreendimento age ao se promover, mas também como ele atua internamente. Com isso, há uma mudança completa nesse direcionamento dependendo da estratégia adotada.

Como definir o posicionamento para sua empresa?

Sabendo que esse é um elemento indispensável para obter sucesso, é fundamental definir corretamente o posicionamento de marca. O trabalho pode ser complexo, mas se torna mais simples quando as seguintes etapas são colocadas em prática:

Conheça a audiência

Já que todo esse processo tem a ver com como, ao final, a marca será percebida pelos clientes, é fundamental conhecer a sua audiência. Procure entender, por exemplo, qual é o tipo de experiência desejado por quem compra o seu produto.

Também vale a pena compreender quais são os hábitos de consumo e as principais dúvidas, dificuldades e necessidades. Isso dará um indicativo de que tipo de abordagem deve ser adotado para o sucesso.

Segmente o público-alvo

Assim como conhecer o público é importante, não basta entendê-lo de maneira completa, como se fosse homogêneo — porque não é. Na verdade, há diversos nichos e segmentos dentro do seu público e conhecê-los é a melhor forma de explorá-los.

Segmente o público para compreender se há grupos de interesse ou determinado segmento que não é adequadamente atendido pelos concorrentes. Isso garantirá que a organização trabalhe para cativar e conquistar as pessoas de maneira definitiva.

Busque a diferenciação de mercado

Graças a essa segmentação, será possível abordar um nicho ainda pouco explorado, como os consumidores que querem um preço mais acessível ou um produto com características premium.

A partir disso, é necessário buscar a diferenciação do mercado. A marca só se posiciona e é percebida se ela se destaca das demais, então é fundamental fazer o que ninguém mais está fazendo.

Uma marca que brinca consigo mesma e que explora a percepção já existente sobre si, por exemplo, sai dos moldes de uma comunicação padronizada e engessada.

Da mesma forma, a marca que investe no poder da comunicação visual, acima de outros elementos, consegue sair na frente dos concorrentes que falam muito e mostram pouco.

Como esse é o ponto mais importante da definição de posicionamento, estude muito bem o mercado e seus concorrentes e explore as falhas e brechas para se destacar.

Aumente a visibilidade de marca

Não adianta ter um excelente posicionamento se a marca não alcançar mais pessoas e, com isso, mais oportunidades de negócio. Diante desse fato, é indispensável realizar ações de promoção para aumentar a visibilidade de marca.

Realizar eventos promocionais e utilizar o marketing digital são duas alternativas viáveis para ampliar o número de pessoas atingidas.

Além disso, também é importante pensar em longo prazo. O uso de embalagens personalizadas, por exemplo, permite que sua identidade seja carregada e divulgada de maneira orgânica e ampla. Isso atrairá novas pessoas e, eventualmente, o posicionamento poderá ajudá-las a finalizar a compra.

O posicionamento de marca muda a forma como os clientes percebem o negócio e influencia diretamente o crescimento e consistência da empresa. Por isso, defini-lo corretamente é um passo do qual não se pode abrir mão.

Gostou do artigo? Então compartilhe o texto nas suas redes sociais e deixe seus contatos por dentro desse tema tão decisivo para o sucesso!

Mais Artigos Para Você

5 recheios baratos para ovos de páscoa

Está procurando recheios baratos para ovos de páscoa? Essa economia vai te ajudar a ter mais lucro nas vendas. Veja como fazer ovos deliciosos e econômicos.

Veja como calcular o preço dos ovos de Páscoa caseiros

Não sabe como estipular o preço dos ovos de Páscoa caseiros? Neste post, ensinamos para você o passo a passo para a precificação correta. Confira!

Além do ovo de chocolate: 4 ideias de doces para Páscoa

Não sabe como inovar? Selecionamos diferentes ideias de doces para Páscoa que farão as suas vendas aumentarem. Confira!

4 ideias de embalagens personalizadas para Páscoa

Que tal apostar na criatividade e encantar os clientes? Veja o nosso post exclusivo e descubra 6 ideias de embalagens personalizadas para Páscoa. Você vai amar!

Como ganhar dinheiro na Páscoa? Descubra aqui!

Gostaria de dicas sobre como ganhar dinheiro na Páscoa? Nas dicas de hoje, você aprenderá truques simples e que renderão bons resultados. Confira!

Ovos de páscoa de colher: sucesso garantido de vendas

Quer fechar bons negócios em 2020? Invista na produção dos ovos de Páscoa de colher e encante de vez o público. Para saber mais, veja o nosso post exclusivo!