A venda de bolos pode parecer uma ideia bastante simples de negócio. Essa, sem dúvidas, é uma das escolhas mais certeiras que um empreendedor pode fazer, afinal, quem é que não gosta de um bolo a qualquer hora do dia, não é mesmo? No entanto, apesar de parecer algo simples, é importante compreender que há estratégias que devem ser usadas para aumentar a venda dos produtos.

Seja para comemorar um dia especial, para uma sobremesa após as refeições ou, até, para presentear alguém, o bolo é sempre bem-vindo. E a boa notícia é que o setor alimentício é um dos que menos sofre durante as crises econômicas!

Sabendo de tanta vantagem, você certamente pensou: vou abrir o meu negócio para vender bolos agora mesmo. Mas calma, antes de qualquer iniciativa, confira algumas estratégias essenciais para que você não tome prejuízos. Boa leitura!

Planejamento

O planejamento é o primeiro passo em direção ao sucesso. Resultados satisfatórios não vão surgir sem uma boa preparação preliminar. Então, lembre-se de que essa etapa é primordial e indispensável.

É preciso planejar quais serão todos os seus próximos passos: qual será o seu investimento inicial? O que você deseja alcançar com o negócio? Deseja expandir futuramente? Quais vão ser as suas medidas de controle de custos? Quais serão as suas metas mensais e anuais? E quais serão os seus objetivos a longo prazo?

Todos esses detalhes precisam ser muito bem pensados e arquivados, o que pode ser feito em uma planilha mesmo. O importante é ter controle de tudo aquilo que você vai precisar para dar um gás ao seu negócio.

Investimento

Mesmo que você pretenda trabalhar em casa, é necessário investir em ingredientes e materiais para vender os bolos. Lembrando ainda que a cozinha precisa ter um tamanho razoável, com espaço adequado para o armazenamento dos produtos e para o preparo das receitas.

Além disso, você também vai precisar de fogão, geladeira e de utensílios, como tigelas e batedeira. Uma dica é procurar na Internet por sites ou vídeos que ensinem a fazer bolos, a fim de entender quais equipamentos essa tarefa requer.

Caso ainda não possua os utensílios necessários, você vai precisar de recursos para adquiri-los. Então faça o cálculo e analise se isso é possível! Não deixe, também, de selecionar as receitas e de calcular o valor dos ingredientes. Há aquelas que são mais em conta que outras, por isso é interessante ponderar no momento de montar o seu cardápio.

Diferencial da embalagem

Todos aqueles que têm um negócio de confeitaria precisam compreender a importância de atentar para os diversos tipos de embalagem para bolo que se encontram disponíveis no mercado.

Considerando as várias opções de doces, os bolos se encontram entre as mais frágeis e podem se despedaçar facilmente, dependendo da receita. É por esse motivo que as embalagens precisam ser escolhidas cuidadosamente, tanto para a exposição em balcões de confeitarias e panificadoras quanto para entrega em domicílio. Confira alguns dos principais tipos:

Embalagem de plástico redonda

Um formato clássico, uma vez que a maioria delas é produzida dessa forma. E não é para menos, já que a aparência redonda valoriza a estética do produto, além de simplificar o consumo no momento de armazenar e de cortar.

Embalagem de papelão

Esse modelo é muito utilizado por estabelecimentos que precisam expor os bolos em vitrines ou balcões, como fornecedores de kits para buffets, festas e confeitarias autônomas que trabalham sob encomenda.

Embalagem de isopor

Os pedaços de bolo de diversos sabores que ficam nas gôndolas dos supermercados ou nos balcões das padarias ficam cobertos por uma capa de papel plástico ou filme. Porém, a base de sustentação é uma bandeja feita de isopor.

Embalagem de papel

Essa embalagem consiste em um tipo de papel mais resistente, o qual é feito especialmente para transportar bolos e demais alimentos por pouco tempo e curtas distâncias.

Esse tipo é utilizado por supermercados e confeitarias que embalam bolos em fatias. Da mesma maneira que o isopor, são funcionais, mas não suportam muito peso.

Embalagem de papel laminado

O papel laminado é geralmente utilizado por confeitarias e panificadoras para embalar bolos e demais alimentos.

Ele normalmente apresenta o formato de caixa retangular, permitindo um transporte mais seguro que as embalagens de isopor e de papel. A resistência desse papel é de nível médio, uma vez que consegue preservar melhor a estrutura do alimento.

Embalagem para bolo de pote

O bolo de pote se torna, cada dia mais, uma sensação no ramo da confeitaria. Sua embalagem é vendida em porções individuais e seu uso é simples e prático. Ela pode ser muito explorada pela criatividade!

Seleção das receitas

Você pode fazer bolos tradicionais, como de milho, fubá, maçã com canela, limão ou o clássico cenoura com chocolate. Suas receitas são bastante simples, com baixo custo e grande procura no dia a dia.

É possível encontrá-las na Internet, assim como aulas gratuitas e vídeos que ensinam técnicas de preparo. Outra alternativa é investir em sabores mais trabalhados, com diferentes coberturas e recheios. Esses bolos geralmente são procurados para eventos como despedidas, casamentos, aniversários e, geralmente, custam mais caro. Bolos de Leite Ninho e de Kit Kat, por exemplo, são excelentes ideias bastante atuais.

Portanto, defina com quais receitas você vai trabalhar e deixe isso bem claro para seus clientes. Quando for divulgar online ou distribuir panfletos, apresente logo todas as opções e preços.

Flexibilidade também chama a atenção do público. Uma boa dica é permitir que montem o bolo da forma como preferirem. Disponibilize, por exemplo, cinco opções de massa e três de cobertura. Quem decide a combinação é o cliente.

Dinâmica inovadora

Não deixe de explorar segmentos de mercado que não foram trabalhados ainda e busque ampliar as suas possibilidades para além de amigos e familiares.

Defina o conceito do seu produto e procure o nicho de mercado onde ele será bem aceito. Uma dica bastante útil é apresentar os bolos para empresas de treinamento e grandes escritórios, como opção de coffee break!

Marketing digital e promoções

E, é claro, não poderíamos deixar de falar sobre a importância da divulgação. A internet é um presente para os negócios. Fazendo uso de ferramentas adequadas, você consegue divulgar os seus produtos de forma eficaz, alcançando pessoas e empresas que jamais havia imaginado.

O segredo é trabalhar de maneira bastante diferenciada, consistente e profissional, já que a concorrência no meio virtual é extremamente significativa.

Para tanto, pesquise sobre como gerenciar contas nas redes sociais, sobre quais as opções de website que você pode utilizar para expor seus bolos e sobre como montar uma fanpage, por exemplo. Lembre-se de que fazer promoções atraentes também é indispensável para aumentar as vendas. A dica mais importante e que serve para qualquer negócio é: persista!

A ansiedade de obter resultados rápidos pode fazer com que novos investidores desistam precipitadamente do empreendimento. É preciso ter foco e, sobretudo, acreditar no potencial do produto. Além disso, é fundamental estar sempre disposto a mudar de estratégia quando necessário.  

Mantenha-se inspirado por exemplos de negócio que começaram com venda de bolos caseiros e que, hoje, são referência no mercado. Seguindo todas essas estratégias, esse com certeza será o seu destino!

Gostou deste texto? O que acha de compartilhá-lo em suas redes sociais para que os seus amigos também possam aprender com essas estratégias?