Épocas de festa são ótimas para aumentar as vendas, obter mais receita e garantir dinheiro em caixa para os meses em que a demanda é mais fraca. O Natal tem o ápice de vendas de datas comemorativas, como afirma o e-commercebrasil. Portanto, lojas que queiram obter melhores resultados nessa época devem saber como se programar nas vendas para o Natal.

Mesmo com a crise econômica enfrentada entre os brasileiros já há alguns anos, em 2017 o Natal teve o primeiro aumento de vendas após três anos redução. Desse modo, as expectativas para este ano estão bastante elevadas já que estamos em um cenário mais estabilizado.

Com isso, o planejamento vem como um aliado para gestores que querem aproveitar o máximo das vendas este ano pois, por meio de uma boa análise e programação, o negócio pode lucrar mais, conquistar maior clientela e, até mesmo, fortalecer a sua marca. Sendo assim, selecionei neste artigo os principais motivos pelos quais sua loja já deveria se programar para o Natal deste ano. Vamos lá?

Analise os Natais anteriores

Uma empresa que não faz análises provavelmente não conseguirá atingir todo o seu potencial. É muito importante analisar a época natalina de outros anos para ter maiores informações de como foram as vendas, quais tipos de produtos foram os mais vendidos, qual o ticket médio por cliente, o que clientes mais procuraram e sua empresa não pôde oferecer etc.

Através de tal análise é possível estar mais preparado este ano e, consequentemente, obter melhores resultados, afinal, o Natal é uma ótima oportunidade para que sua loja compense meses de menos venda, como janeiro. Por isso, faça um estudo completo e planeje-se já!

Programe as compras

A época do Natal é uma ótima oportunidade para vender mais, certo? A demanda cresce bastante mas, caso não seja feita uma boa programação do quanto deve ser vendido, é possível que fique sem estoque. Além disso, se esperar muito para realizar as compras, é capaz que os fornecedores atrasem devido a altos pedidos, por exemplo.

Por isso, a melhor forma de evitar esses incidentes é fazer reabastecer o estoque com antecedência e garantir as vendas. Afinal, caso não tenha produtos, a expectativa de maiores vendas este ano poderá falhar, não é mesmo?

Controle o estoque

O controle do estoque é outro ponto a se atentar na época do natal. Ao realizar as compras é possível que seu espaço fique abarrotado de produtos, impedindo até mesmo a passagem de funcionários para a vistoria, por exemplo. Ou seja, para que as vendas sejam realizadas, nenhum produto sobre ou se perda, o estoque deve estar bem organizado.

Para isso é necessário criar uma estratégia de organização que tenha uma forma clara e objetiva de dispor os produtos considerando o espaço disponível. Além disso, é importante levar em conta o posicionamento de produtos que têm mais saída, pois assim facilitará a sua retirada para a gôndola.

Lembre do tempo de espera do produto personalizado

O Natal é uma ótima época do ano para investir em embalagens personalizadas pois costuma chamar bastante a atenção dos consumidores. Além disso, essa data é conhecida pela famosa brincadeira do “amigo secreto”. Com isso, eles buscam algo que agregue valor ao produto e, portanto, estão dispostos a pagar um pouco mais por algo mais bonito e que seja um diferencial no presente.

Por isso, aposte em embalagens ainda mais úteis, bonitas e até mesmo personalizadas com frases natalinas, de amizade etc. No entanto, não esqueça que é necessário fazer o pedido com antecedência para que tudo chegue a tempo em sua loja.

Divulgue os produtos

Uma importante etapa que vem acompanhada com o planejamento das vendas na época do Natal é a divulgação dos produtos. Existem diferentes possibilidades para alcançar o maior público possível, no entanto, é importante escolher os meios mais utilizados pela sua persona, não é mesmo?

Portanto, veja em quais canais vale a pena investir, como e-mail, Facebook Ads, YouTube, Google Ads etc. A partir daí, você poderá criar campanhas com um melhor direcionamento. O bom dessa época é poder aproveitar o apelo emocional, por exemplo, criando uma estratégia um pouco diferente da convencional já utilizada.

Além disso, também é interessante fazer campanhas de promoções. Uma ótima forma de investir nisso são descontos progressivos, como: se sua loja vende um bolo por R$ 50,00, pode fazer dois por R$ 90,00 e assim por diante. Clientes nessa época do ano procuram por marcas que contribuam com seu orçamento já que costuma ser um mês de muitos gastos.

As promoções também são ótimas para esvaziar o estoque para novos produtos e novas coleções que estão por vir. Por isso, veja quais produtos você pode vender com uma margem de lucro menor e divulgue!

Ambiente a loja

Pensar em um design propício a essa época e que cative o consumidor não é uma tarefa fácil! Um bom layout faz toda a diferença e se sua loja quer chamar atenção dos consumidores, essa é uma ótima oportunidade. É possível utilizar banners temáticos, customizar seu logotipo, abusar de lâmpadas coloridas etc. O importante é pensar em detalhes que façam a diferença!

Além disso, é importante atentar ao fato de que consumidores adoram tocar nos produtos e tirá-los do lugar. Dependendo da decoração, pode acontecer que a loja pareça mais bagunçada. Por isso, alerte os vendedores para cuidarem da organização da loja.

Além de todos os motivos listados acima, ter uma boa programação para a época de Natal permite com que sua empresa esteja preparada para o período, tanto em relação a produtos, quanto atendimento e expectativa de vendas.

Viu como é importante programar as vendas para o Natal? Analisar os anos anteriores, programar as compras, organizar bem o estoque, treinar vendedores, divulgar produtos e campanhas de marketing, assim como organizar a loja são as principais tarefas a serem feitas nessa época. Ao ter um bom planejamento sua loja pode obter melhores resultados e lucrar ainda mais!

Se você gostou deste artigo então não deixe de assinar a nossa newsletter e receber conteúdos exclusivos sobre negócios!